Tecnologia

Microsoft usa pop-up invasivo para promover Bing no Windows 11

Não é de hoje que a Microsoft tenta convencer usuários do Windows a usar seus produtos. Mas parece que a big tech novamente adotou medidas intrusivas para persuadir usuários a utilizarem o Bing.

Segundo relatos divulgados na internet, uma recente atualização do Windows 11 passou a exibir um pop-up de notificação sugerindo o uso do Bing como principal buscador no navegador Chrome.

Para alguns, não se trata de uma grande coisa. Afinal, o buscador da Microsoft acaba de ser liberado ao Google Chrome e faz sentido uma propaganda para impulsionar o lançamento.

Mas para outros, é algo totalmente invasivo. Tanto que o jornalista do The Verge, Tom Warren, achou que havia sido infectado por algum malware ao ver a notificação surgindo da barra de tarefas.

A situação piora ainda mais se analisarmos que o sistema operacional faz a sugestão após uma varredura e que o pop-up parece sobrepor jogos e outros aplicativos.

Propagandas são inevitáveis em algumas situações. Mas o Windows é um SO pago e não deveria usar sua varredura para sugerir softwares que sejam de seu interesse.

Querendo ou não, é, sim, uma situação incômoda — e intrusiva.

Microsoft paralisa notificações do Bing

Felizmente, a notificação parece ter sido liberada para um grupo pequeno de usuários do Windows 11. E a outra boa nova é que a Microsoft aparentemente já paralisou o pop-up.

“Estamos cientes desses reltos e pausamos esta notificação enquanto investigamos e tomamos as medidas apropriadas para resolver esse comportamento não intencional”, disse Caitlin Roulston, diretora de comunicações da big tech, ao The Verge.

A dona do Windows até pode ter dado uma trégua neste caso. Mas parece ser uma questão de tempo até outra notificação inclusiva aparecer para sugerir o navegador Edge, pacotes Office e outros serviços da companhia.




Créditos: TecMasters