Geek

Microsoft também desiste da GDC 2020 por causa do coronavírus

Escrito por Paulo Carmino

A Microsoft desistiu de participar da Game Developers Conference 2020 (GDC) do próximo mês, em São Francisco, por preocupações relacionadas ao coronavírus. Assim, a empresa segue os exemplos da Sony, Facebook, EA e Kojima Productions, que também anunciaram a decisão de não participar do evento pelo mesmo motivo.

“Após uma análise cuidadosa das orientações das autoridades globais de saúde e com muita cautela, tomamos a difícil decisão de deixar de participar da Game Developers Conference 2020 em San Francisco”, escreveu a Microsoft em um comunicado. “A saúde e a segurança de jogadores, desenvolvedores, funcionários e nossos parceiros em todo o mundo são nossa principal prioridade. Especialmente porque o mundo está enfrentando crescentes riscos à saúde pública associados ao coronavírus (COVID-19)”.

Nos dias 16 a 18, quando deveria participar da GDC, a Microsoft fará apresentações por meios digitais, mantendo sua programação planejada para desenvolvedores de jogos. Isso inclui painéis de discussão sobre a evolução do desenvolvimento de jogos, design de jogos intencionalmente inclusivo, o papel crescente dos serviços online, o hardware da próxima geração e o futuro do streaming de jogos.

As apresentações também irão mostrar os bastidores das escolhas de desenvolvimento dos produtores de Minecraft e Gears of War, além de participações dos estúdios Double Fine, inXile, Compulsion, Rare, Obsidian e Undead.

Também hoje, a Unity, fabricante do popular motor gráfico 3D, anunciou que estava cancelando sua participação na GDC por causa do COVID-19.

Sobre o Autor

Paulo Carmino