Geek

Microsoft confirma GPU de 12 Teraflops e outros detalhes do Xbox Series X

Escrito por Paulo Carmino

A Microsoft confirmou hoje algumas características do Xbox Series X até então tidas como rumores, e anunciou um esquema de compra cruzada para jogos disponíveis em várias gerações do Xbox.

Reafirmando a tendência de anúncios sem muita pompa e a preferência por informar o público diretamente – algo que tem sido feito também pela Sony -, o chefe do Xbox, Phil Spencer, recorreu ao blog oficial do Xbox nesta segunda-feira para dar detalhes sobre o Xbox Series X.

Uma das novidades mais interessantes de hoje é a confirmação de que o Xbox Series X alcançará 12 teraflops de poder de computação, o dobro do atual Xbox One X e quase três vezes os 4.2 teraflops atingidos pela GPU do PlayStation 4 Pro.

O hardware do console também terá uma forma patenteada de sombreamento de taxa variável e ray-tracing em tempo real pelo DirectX.

“O Xbox Series X é nosso console mais poderoso já equipado com nosso processador personalizado, aproveitando as mais recentes arquiteturas Zen 2 e RDNA 2 da AMD”, escreveu Spencer. “[O console] oferece quatro vezes o poder de processamento de um Xbox One e permite que os desenvolvedores aproveitem 12 TFLOPS de desempenho da GPU (Unidade de processamento gráfico) – duas vezes o de um Xbox One X e mais de oito vezes o Xbox One original”.

Prometendo “imersão em um instante”, o executivo voltou a enfatizar que a unidade SSD do console significa que “os mundos dos jogos serão maiores, mais dinâmicos e carregam em um flash”.

Um novo recurso permitirá voltar a “vários jogos de um estado suspenso quase instantaneamente”, enquanto a entrada dinâmica de latência promete oferecer controles mais precisos e de resposta mais rápida.

“Com suporte para até 120 qps, o Xbox Series X permite que os desenvolvedores excedam a saída padrão de 60 qps em favor de realismo elevado ou ação em ritmo acelerado”, disse Spencer.

Spencer também anunciou um conceito de compra cruzada para novos jogos lançados em várias gerações do Xbox, apelidado Smart Delivery.

“Essa tecnologia permite que você compre um jogo uma vez e saiba que, seja jogando no Xbox One ou Xbox Series X, você está obtendo a versão correta do jogo em qualquer Xbox em que esteja jogando”, disse ele.

“Estamos assumindo o compromisso de usar o Smart Delivery em todos os nossos títulos exclusivos do Xbox Game Studios, incluindo o Halo Infinite, garantindo que você só precise comprar um título uma vez para jogar a melhor versão disponível para o console Xbox em que escolher jogar”.

“Esta tecnologia está disponível para todos os desenvolvedores e editores, e eles podem optar por usá-la para títulos que serão lançados no Xbox One primeiro e chegarão ao Xbox Series X posteriormente”.

Spencer também disse que o Xbox Game Pass continuará a oferecer jogos da própria Microsoft, como Halo Infinite, no lançamento e reiterou que o Xbox Series X será compatível com os acessórios e jogos existentes do Xbox One, bem como com os jogos do Xbox 360 e Xbox original que são compatíveis com o Xbox One.

O Xbox Series X está programado para ser lançado no final de 2020.

Sobre o Autor

Paulo Carmino