Gourmet

MELHOR PANELA PARA COZINHAR

Escrito por Ana Dalila

Escolher uma panela correta influencia bastante o resultado final de um prato, tanto quanto ao sabor como a manutenção da saúde, isso porque muitos materiais que compõe esses utensílios possuem substancias toxicas.

Vamos começar falando das panelas de vidro, além de serem mais caras, são pesadas, exigindo cuidados em seu manuseio, por esquentar muito rápido tem que usar fogo baixo.

As panelas de cerâmicas tem que ter muito cuidado pois a pintura que a reveste por dentro pode conter chumbo e cádmio, substancias bastante toxicas.

As panelas de alumínio tem alto risco de contaminação pelo metal. Antes de fazer uso dela, deve-se ferver por 3 vezes com água. Procure não arear, para que o alumínio não se desprenda e se junte ao alimento.

Panela antiaderente, confeccionada de alumínio e revestida com polímero, evitar que descasque e não deve ser colocada para aquecer sem nenhum alimento dentro, assim evita desgaste.

Panela de pedra sabão deixa a comida muito gostosa. Necessita de alguns cuidados antes de usá-la como: passar óleo ou azeite de oliva, encher com água e colocar no forno a 180º C por duas horas

Panela esmaltada uma panela leve e bonita, mas deve ter cuidado se o esmalte estiver lascado, pois pode contaminar alimento.

Panela de Ferro traz ao alimento um sabor especial, libera resíduos de ferro que ajudam a prevenir anemia, mas após lavar deve secar bem e untar com óleo para que não enferruje.

Panela de inox, em sua composição tem ferro, cromo e níquel, sendo que estes dois últimos são tóxicos, mas como a liberação é pouca, não prejudica a saúde. Ferva com água por 3 vezes antes de usar pela primeira vez.

Panela de cobre usada muito para fazer doces, revestida de PTFE, titânio ou aço inoxidável, não adere. Para limpeza usar esponja macia e detergente neutro.

Panela barro uma das primeiras panelas usada, pela facilidade de se conseguir barro. Antes de usá-la deve-se colocar duas colheres de óleo e deixar queimar até surgir uma fumaça preta, estando liberada para uso.

Sobre o Autor

Ana Dalila