Vida Sustentável

Medidor individual de água é sinônimo de economia

Escrito por Forbiddeen

Muitos condomínios têm optado por medidores individuais de água e essa simples mudança gera cerca de 40% de economia em cada apartamento.

Muitos condomínios têm optado por medidores individuais de água e essa simples mudança gera cerca de 40% de economia em cada apartamento. Desde 2007 alguns municípios brasileiros, como Belo Horizonte, São Paulo e Porto Alegre, aceitaram uma lei que obriga as novas construções de apartamentos a terem medidores individuais e os resultados são cada vez melhores.

Como os números de redução são bastante expressivos, muitos condomínios antigos mudaram seu sistema de cobrança coletiva de água para o individualizado. Essa mudança traz benefícios para a natureza, devido à economia e consumo mais consciente, e também, deixa o pagamento pelo uso da água mais justo, já que, com medidores coletivos, uma pessoa que mora sozinha paga o mesmo que uma família com cinco filhos.

O Instituo Akatu conversou com o Sr. Gianfranco Pampalon, ex-síndico de um prédio no centro de São Paulo, que comprova e aprova a mudança ocorrida em seu condomínio. Ele, que mora somente com a esposa, pagava R$95 mensais para os gastos com água, hoje os gastos caíram praticamente pela metade. Pampalon explica que, em seu condomínio a redução chegou a 30%.

Esse tipo de medida incentiva o consumo consciente e faz com que os moradores tenham mais cuidado com problemas com vazamentos e os gastos de água desnecessários são deixados de lado. A mangueira usada para lavar o quintal, por exemplo, é trocada pela vassoura, a torneira fica fechada enquanto não é usada, além de uma série de outras práticas simples, que muitas vezes passam despercebidas, começam a ser avaliadas com mais cuidado, pois representam grande mudança no bolso no final do mês.

Com informações do Instituo Akatu.

Sobre o Autor

Forbiddeen