Decoração & Design

Loja de roupas em São Paulo adere à arquitetura sustentável

A Vila Madalena abriga uma loja de roupas revestida de ideias verdes. Do chão ao teto, todo o projeto arquitetônico foi pensado sob a ótica sustentável. Madeira de reflorestamento e reaproveitamento de água fazem parte da decoração.

A Vila Madalena abriga uma loja de roupas revestida de ideias verdes. Do chão ao teto, todo o projeto arquitetônico foi pensado sob a ótica sustentável. Madeira de reflorestamento e reaproveitamento de água fazem parte da decoração.

A Vila “Madá” é um bairro boêmio, que reúne artistas, publicitários, jornalistas, advogados e pessoas dos mais diversos tipos, com estilos de vida diferentes. Até o nome das ruas chamam atenção: Harmonia, Girassol, Purpurina. Ela inspira e respira arte, tanto que muitos muros são grafitados a pedido dos próprios moradores.

Foi este local, em que as criações e intervenções no ambiente são propícias, que a marca brasileira Farm abriu uma loja de roupas com o conceito de arquitetura verde. O estabelecimento tem na decoração palmeiras e pedras e ao longo dos três pisos da loja há varias plantas. As escadas são feitas de madeira de reflorestamento. Nas cortinas dos provadores há fotos de plantas e ao lado do provador tem até uma varanda como rede para descanso e o piso é de grama sintética. A loja, praticamente, simula uma floresta, em meio aos caos de São Paulo.

Além de todo o projeto arquitetônico, a estrutura contou com a preocupação em usar tecnologias capazes de captar a água da chuva, que após ser tratada pode ser reutilizada na irrigação da vegetação presente nas paredes externas do prédio.

A recepção da casa é em grande estilo, pois já na entrada tem uma árvore gigante com 500 borboletas. Além disso, em todo o projeto, as cores do Brasil, amarelo e verde, são dominantes.

Aos domingos a loja utiliza a água captada pelos tubos para um “banho de mangueira”, um evento que reúne samba, cerveja e água de coco.

O escritório da Triptyque é o responsável por este projeto arquitetônico que já ganhou muitos prêmios, dentre eles o da Bienal Internacional de Arquitetura e o da revista londrina Icon Magazine.

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter