Tecnologia

Little Nightmares II e mais

Nos melhores jogos indie de fevereiro você vai viver aventuras no mundo sombrio dos adultos, correr em corridas alucinantes e visitar um universo cyberpunk

De viver uma aventura assustadora por um mundo infestado por adultos cruéis, passando por corridas alucinantes e até mesmo explorar uma civilização esquecida como um pássaro, o mês de fevereiro nos presenteou com diversos jogos indie que proporcionam experiências fantásticas e inesquecíveis por um preço muito acessível. A seguir você confere os principais destaques para os melhores jogos indie de fevereiro para PC (Steam), PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch.

Lançado em 2017, Little Nightmares foi um sucesso inesperado do estúdio Tarsier Studios. O primeiro game é considerado um dos melhores jogos indie da última geração (tanto que ganhou um espaço de destaque em nosso artigo dos melhores jogos indie de janeiro). Com uma atenção brilhantes aos detalhes, o game cria uma atmosfera única que mistura mecânicas de furtividade a puzzles para criar uma metáfora sobre os medos da fase adulta vistos pelos olhos de uma criança. Agora, Little Nightmares II leva todos esses elementos além.

Dessa vez o jogador controla Mono, um pequeno garoto descalço com capa que usa um saco de papel na cabeça. A diferença é que agora o jogador é acompanhado por outro personagem: Six, o protagonista do primeiro game. Juntos, eles precisarão andar com cuidado, pular, rastejar e correr em terror por uma cidade em ruínas que é habitada pelas versões de autoridades adultas que causam horror no coração de qualquer criança.

O jogo é um pouco mais longo que seu antecessor, além do ambiente parecer maior e menos claustrofóbico. Mesmo assim, essa sensação de estar em um mundo mais “amplo” não diminui o sentimento de terror e o suspense que boa parte das sequências do jogo possuem. Seja fugindo de um adulto que fica o observando constantemente ou de hordas de monstros que caem do teto, cada encontro é fabuloso (e aterrorizante) de uma maneira única.

Little Nightmares II é um dos melhores jogos indie de fevereiro que mistura puzzles com uma temática de terror única.

Apesar disso, Little Nightmares II está longe de ser perfeito. As sequências de corridas podem ser interessantes da primeira vez, mas quando você perde um momento crucial por não ter pressionado o botão correto e volta para o início, pode ficar com um gosto amargo. Talvez essas corridas não fossem tão frustrantes se houvessem checkpoints ao longo das sequências ou o tempo de resposta do jogador fosse maior para cumprir uma ação necessária.

Ainda assim, essas falhas são pequenas o suficiente para que o jogador consiga aproveitar Little Nightmares II como uma experiência única no mundo dos jogos indie. Os medos da infância são um assunto que claramente abre possibilidades para uma boa exploração em termos de trama e de mecânicas para puzzles, e a Tarsier Studios faz isso de uma forma muito cuidadosa. Little Nightmares II é uma mistura tão esplêndida de fofo e assustador, lindo e horrível, que poderia entrar para uma nova categoria: terror gótico infantil.

Disponível: PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC.

Jogos de corrida infinita são sinônimo de sucesso em dispositivos mobile (smartphones e tablets). #Drive, da PM Studios, é um game do mesmo gênero, mas no lugar de um personagem correndo sem parar, temos um carro com uma dirigibilidade difícil de controlar.

Para se dar bem em #Drive, o jogador precisa evitar se chocar com outros veículos da pista ou em obstáculos que vão aparecendo conforme o carro avança. É imprescindível também ficar de olho no combustível e fazer uma visitinha a