Tecnologia

Google Maps inclui realidade aumentada em ambientes internos

Recursos como identificação da qualidade do ar, pedidos remotos para supermercados e indicação de caminhos em ambientes fechados estão sendo adicionados ao Google Maps

O Google anunciou uma série de melhorias para o Google Maps. Sendo feitas a partir da implementação de realidade aumenta, essas mudanças pretendem ajudar os usuários a se localizar num mundo em constante mudança, e também se sentirem confortáveis e com mais opções quanto a mudanças causadas pela pandemia da COVID-19.

As novidades do Google Maps

Alguns recursos foram anunciados, todos pensando em melhorar a navegação e propondo também soluções de sustentabilidade, veja a seguir:

Navegação em espaços fechados com o Live View

A partir do Google Maps e de realidade aumentada, o usuário poderá se localizar com mais facilidade em lugares fechados.

O Indoor Live View irá usar realidade aumentada (RA) para ajudar o usuário a se localizar em ambientes fechados. O recurso será alimentado por uma tecnologia chamada de localização global, que faz uso de IA para escanear dezenas de bilhões de imagens do serviço Street View do Google para identificar onde o usuário estar e da instruções de como se orientar, mesmo em ambientes fechados, como prédios, centros de convenções ou aeroportos.

O Indoor Live View já está habilitados em aparelhos com Android e iOS em variados shoppings localizados nos Estados Unidos. Nos próximos meses, a intenção do Google é de lançar o recurso para aeroportos, shoppings e terminais de transporte público em Tóquio e Zurique – e mais tarde chegará a outros lugares do mundo.

Previsão do tempo e informações sobre a qualidade do ar

Google maps inclui realidade aumentada
Informações como clima e qualidade do ar serão mostradas no Google Maps.

O Google Maps também irá contar com a adição de um novo recurso de meteorologia, que irá permitir ver a situação atual e a previsão do tempo em determinada região, mesmo que você esteja longe. Outra nova ferramenta é o recurso de identificação da qualidade do ar, que mostra se o ar está saudável ou não, uma informação importante para quem tem alergias respiratórias ou não está acostumado com lugares com muita poluição.

A função chega para os aplicativos de Android e iOS nos próximos meses, e as informações mostradas nele serão vindas diretamente de sites e órgãos como The Weather Company, AirNow.gov e Central Pollution Board (Conselho Central de Poluição). O recurso de tempo e temperatura estará disponível em todo o mundo, e o de qualidade do ar será lançado na Austrália, Índia e Estados Unidos inicialmente

Alternativas mais sustentáveis de rotas

Google maps inclui realidade aumentada
Logo o Google Maps irá contar com novas rotas (não mostradas nessa imagem) indicando caminhos mais sustentáveis.

Nos Estados Unidos, o Google Maps irá contar com informações do National Renewable Energy Lab (Laboratório Nacional de Energias Renováveis) para mostrar novos modelos de rotas que irão otimizar o consumo de combustível a partir de fatores como inclinação da via e congestionamentos, tornando as viagens mais sustentáveis.

Isso faz parte do compromisso assumido pelo Google em setembro de 2020 para ajudar um bilhão de pessoas que usam os produtos da empresa a reduzirem sua pegada ambiental. O recurso será lançado ainda este ano nos Estados Unidos, e mais tarde para outros países.

Caso o percurso mais sustentável signifique mais demora, o usuário poderá comparar o impacto de carbono relativo entre os dois caminhos e ele mesmo fazer a escolha, e nas Configurações do aplicativo do Google Maps a função de mostrar a rota mais sustentável poderá ser desligada.

O Maps também irá identificar se o lugar onde você está passando tem alguma restrição de poluição ou é uma zona de baixa emissão, o que impede que veículos movidos a diesel passem por eles. Novos alertas no aplicativo irão mostrar ao usuário quando ele está passando por essas zonas, se o veículo que ele está dirigindo pode passar por elas e meios de transporte disponíveis na área. O recurso será lançado em junho em mais de cem cidades da Europa, com outras cidades do mundo sendo adicionadas com o passar do tempo.

A partir de modelos de aprendizado de máquina e uma melhor interface para os usuários, o Google Maps também contará com várias informações comparativas entre os diversos percursos e as formas de faze-los, comparando com bicicleta, a pé, carro ou metrô. Esse recurso terá lançamento mundial nos próximos meses.

Compras de mercado em esquema “drive-thru”

Google maps inclui realidade aumentada
Por conta da pandemia, mercados drive-thru vem se popularizando, e o Google Maps irá ajudar eles a se destacarem.

Com a pandemia, sistemas de entrega de produtos e compras no estilo “drive-thru” ficaram mais populares pela segurança que eles apresentam, a partir da redução de contato com outras pessoas. Pesando em facilitar esse processo, o Google Maps irá permitir que os estabelecimentos mostrem informações pertinentes a esses tipos de entrega em seus Perfis Comerciais. Desde informações de pedido mínimo até taxa de entregue, os estabelecimentos poderão informar já na pesquisa o que eles fazem.

O Google também anunciou que irá fazer parceria com algumas redes de supermercado americanas, onde o usuário poderá pelo Google Maps fazer as compras, e quando elas estiverem separadas irá receber um aviso. Quando ela for buscar, o Google avisa o supermercado que a pessoa está indo, e irá mostrar o tempo preciso até a chegada no estabelecimento. Depois, quando o usuário chega, basta ele fazer um “check-in” no Maps que um funcionário do local irá levar as compras até ele, com contato mínimo.

Postos de abastecimento de carros elétricos e híbridos agora no Maps

Google maps inclui realidade aumentada
O Google Maps irá mostrar os eletropostos mais próximos do usuário.

Por último, o Google Maps irá contar com um novo recurso que irá indicar e dar informações sobre estações de carregamento de veículos elétricos e híbridos plug-in no Brasil. Para saber mais sobre os locais disponíveis, basta abrir o Google Maps e buscar por “eletroposto” ou “posto de recarga de veículos elétricos”, e então o aplicativo irá exibir as opções mais próximas. Serão exibidos os tipos de conectores, informações do local e da empresa onde estão localizados e reviews de usuários das mesmas. O Google Maps inclui realidade aumentada em suas funções irá ajudar bastante com todos esses recursos novos, permitindo uma melhor localização e uso dos usuários.

Para mais novidades do Google, como o novo Google Nest Hub, fique de olho no Showmetech.

Fonte: Blog do Google