Tecnologia

Galaxy Note 10+ é a obra prima da Samsung

Escrito por Paulo Carmino

O Galaxy Note 10+ é reúne tudo o que o Galaxy S10+ ofereceu de melhor com uma S Pen, tela grande e processamento melhorado; confira o nosso review completo

Pegue tudo o que deu certo no Galaxy S10+ e adicione uma nova S Pen, melhor processamento, melhores câmeras e tela enorme. O resultado é o novo Galaxy Note 10+ (ou Note 10 Plus), o mais recente smartphone topo de linha lançado pela Samsung. O modelo tem a proposta ambiciosa de ser um computador de bolso, um estúdio de edição de vídeos, uma câmera profissional e um console gamer, tudo em um só produto.

Mas, será que ele atinge esses objetivos? Nesta análise, confira os pontos positivos e negativos do Galaxy Note 10+:

Novo Galaxy Note 10+ traz vidro Gorilla Glass 6 nos dois lados

Design e construção

O Galaxy Note 10+ é um smartphone com a proposta de ser um computador portátil na palma da mão, e parte disso se dá pelas 6,8 polegadas de tela. A sensação de estar manuseando somente tela se estende por aqui, trazendo as menores bordas em um smartphone até o momento. O design Infinity-O permanece, com um buraco na tela para abrigar a câmera frontal. Entretanto, diferente do Galaxy S10+, ele está menor e mais centralizado. Você ainda o verá, mas ocupa menos espaço no display. Com o tempo, você esquece que existe uma câmera ali.

Assim como a parte frontal chama atenção pelo tamanho, a traseira encanta pela beleza. A nova cor Aura Glow (a mais diferente e interessante), é estilosa e tem um efeito furta cor que muda conforme a iluminação. Tanto o vidro traseiro quanto a frontal são revestidos pelo Gorilla Glass 6, que dá mais proteção se o Note 10+ cair no chão acidentalmente – e isso pode acontecer, já que o vidro é bastante escorregadio.

Tanta beleza do Galaxy Note 10+ continua sendo vítima de infelizes marcas de dedo que insistem em aparecer não importa onde o pegamos. Uma camada oleofóbica tanto na parte da frente quanto na traseira seria o ideal, mas você também pode resolver isso com uma capa.

Apesar do tamanho da tela, a pegada do Galaxy Note 10+ é firme e seus 196 gramas de peso fazem dele um smartphone mais leve que o antecessor (Note 9). Com seus 7.9 mm, ele é muito fino, facilitando o manuseio. Mas, mesmo assim, a Samsung conseguiu colocar nele uma bateria de 4.300 mAh com suporte ao carregamento ultrarrápido de até 45W. Se mesmo assim você o achar grande demais, considere o Galaxy Note 10 tradicional, que é 0.5 polegadas menor e um pouco maior que o iPhone XS Max.

Na foto: Galaxy Note 10 e Note 10+ lado a lado

As câmeras estão arranjadas verticalmente, em uma posição que se parece com as do Huawei P30 Pro. São três no total, seguido de um sensor ToF 3D (Time of Flight) para efeitos de profundidade.

Os botões de Liga/Desliga e Volume estão todos na lateral esquerda do Note 10+, o que pode causar um pouco de estranheza em um primeiro momento. Notou algo faltando? Felizmente a Samsung retirou o botão dedicado à Bixby, assistente virtual da empresa, mas agora ela está disponível se manter pressionado o botão Liga/Desliga por alguns segundos. Ela pode ser configurada facilmente e, se você quiser voltar com a opção tradicional, com as opções de reinício e desligamento, basta alterar nas Configurações. Já na parte de cima há o compartimento híbrido para dois chips de operadora ou um chip e um cartão microSD de até 1TB.

O Galaxy Note 10+ também marca a exclusão da entrada de 3.5mm para fones de ouvido da linha Galaxy Note, o que é uma grande pena se levar em consideração que o dispositivo foi desenvolvido para edição de vídeos e conteúdo multimídia. Segundo a Samsung, a retirada garantiu que o Galaxy Note 10+ tivesse mais bateria, e incluiu na caixa fones de ouvido AKG com entrada USB-C.

O mesmo sensor de impressões digitais ultrassônico presente no Galaxy S10+ se encontra dentro da tela do Galaxy Note 10+. Ele continua sendo um dos melhores sensores da categoria e não tivemos problemas para desbloquear. Não é tão rápido e preciso quanto um sensor capacitivo, mas funciona muito bem.

Mais um ponto positivo no Galaxy Note 10+ é a resistência IP68 contra água e poeira. Ou seja, você pode mergulhá-lo em água doce por até 30 minutos em até 1 metro e meio sem danificá-lo.

Tela e som

O Galaxy Note 10+ tem o maior e melhor display da atualidade. São 6,8 polegadas com resolução Quad HD+ (1440 x 3040 pixels) que ocupam mais de 90% da área frontal do aparelho. O display possui a mesma tecnologia AMOLED dinâmico (AMOLED Dinamic Display, em inglês) da linha Galaxy S10 e suporte ao HDR10+. Todos os conteúdos são vívidos, têm uma excelente definição e um preto profundo.

Devido à tela quase sem bordas, a imersão é tremenda, conteúdos que ocupam toda dimensão do Note 10+ são ricos em detalhes e sem nenhum problema de corte de imagens. Mesmo sob a luz do sol, o brilho é intenso o bastante para manter visualização confortável do display.

E essa sensação de imersão se dá também pelo pelos alto-falantes estéreos que são claros e altos – ainda mais com o Dolby Atmos ligado.

Performance

No Brasil, o Galaxy Note 10+ possui o processador Exynos 9825, sucessor do Exynos 9820 (presente no Galaxy S10+). Ele é um octa-core construído em 7nm e subdividido em 2×2.73 GHz Mongoose M4 + 2×2.4 GHz Cortex-A75 + 4×1.9 GHz Cortex-A55. Aliado ao processador, há exagerados 12GB de memória RAM, opções de 256 ou 512GB de armazenamento interno e uma placa gráfica Mali-G76 MP12. É um conjunto que vai rodar todas as aplicações da Play Store como jogos, aplicativos e programas de edição com muita facilidade por, pelo menos, dois anos.

Processador Exynos 9825 possui uma melhoria em games e inteligência artificial
Processador Exynos 9825 possui uma melhoria em games e inteligência artificial

Rodamos jogos pesados como Fortnite, Asphaut 9, Modern Combat e PUGB nas configurações máximas e o Note 10+ aguentou tudo sem pedir ajuda. Diversos aplicativos em segundo plano tampouco serão um problema com 12GB de memória RAM. Em 2019, parece um número exagerado mas para a proposta do dispositivo é totalmente justificado. Ele é o mais próximo que um smartphone consegue chegar a um computador atualmente, podendo realizar funções de um facilmente se plugado em um monitor, teclado e mouse. 

O novo DeX é uma dessas funções que o faz parecer com um computador. O recurso agora funciona em qualquer computador ou notebook com USB e, quando conectado, pode acessar apps em modo desktop, navegar na internet, jogar e ler/responder mensagens. Ficou mais fácil a transferência de dados entre o Note 10+ com o PC. O Link To Windows também melhorou e é possível receber texto, fotos e mensagens direto do seu PC com Windows 10.

Parte dessa facilidade em rodar aplicações mais complexas se dá pela nova câmara de vapor, considerada a mais fina do mundo, que é responsável por resfriar o aparelho, ajudando a dissipar o calor na região de seu processador. A aplicação Game Booster também dá um belo upgrade em jogos, já que ele se baseia em aprendizado de máquina (AI).

S Pen

É meio impossível falar da linha Galaxy Note sem mencionar seu recurso mais marcante: a S Pen. Na décima geração, a caneta Stylus da Samsung está mais inteligente e ganhou um sensor giroscópico, que permitiu a inclusão dos Air Actions, comandos feitos com a S Pen sem encostar no smartphone. Já deixamos claro que não é nada tão revolucionário e que você não irá usar toda vez que retirá-la do Note 10+, mas é interessante para impressionar os amigos. Por exemplo, você pode balançar a S Pen para acessar a câmera, dar zoom, tirar fotos e tirar selfies.

Um dos recursos mais divertidos que utiliza a S Pen é o AR Dodles, que deixa você desenhar o mundo visto pelas câmeras do smartphone. Por conseguir captar e seguir os objetos, o usuário pode usar a caneta para desenhar um chapéu, por exemplo, que ele vai seguir o objeto pelas lentes do celular.

Se tratando em escrever notas, a S Pen ainda é o melhor meio para isso, permitindo fazer anotações no smartphone mesmo com a tela desligada. Quer deixar algo registrado para não esquecer? Retire a caneta do compartimento e comece a escrever.

Mas uma das maiores novidades da S Pen é a capacidade de transformar a escrita em texto. Infelizmente, o recurso não é tão preciso assim, a menos que não escreva como um médico. Nesse quesito, o Note 10+ possui a mesma falha do notebook Style S51 Pen, que falha na captação da escrita.

Software

One UI é de longe a melhor modificação em cima do Android 9.0 Pie

A Samsung incluiu a interface One UI 1.5 no Galaxy Note 10, baseada no Android 9.0 Pie. Assim como elogiamos no Galaxy S10+, a interface é uma das melhores mudanças do sistema operacional entre as fabricantes, oferecendo ícones mais carismáticos e transições suaves. Além disso, ela traz um Modo Noturno, Navegação por gestos e muitas opções de customização e personalização através do Galaxy Store. Vale a pena explorar.

Além disso, a interface do Note 10+ é adaptada para funcionar em perfeita sincronia com a S Pen, então há diversos recursos que utilizam a caneta Stylus que facilitam a navegação, como menus suspensos com algumas opções de edição e customização. Assim que você retira a S Pen do compartimento, por exemplo, já surge um menu que te leva aos AR Dodles, desenho na tela, anotações, etc.

Câmeras

Galaxy Note 10+ traz um sensor ToF 3D, não presente no Note 10 tradicional, que garante fotos com maior profundidade
Galaxy Note 10+ traz um sensor ToF 3D, não presente no Note 10 tradicional, que garante fotos com maior profundidade

Se o Galaxy S10+ havia trazido no começo do ano as melhores câmeras em um smartphone Samsung, o Galaxy Note 10+ garante o título à linha Galaxy Note. São 3 câmeras na traseira, sendo a primeira de 12MP com abertura variável em f/1.5-2.4 e OIS (Estabilização ótica de imagem), a secundária também de 12MP com lente telefoto e abertura de f/2.1 (com OIS) e a terceira é uma ultra grande angular de 16MP e abertura f/2.2. Ainda há um quarto sensor, só que esse é um ToF 3D (Time of Flight). O sensor ajuda no desfoque nas fotos e vídeos (chamado Live Focus). 

Os resultados são surpreendentes e não é à toa que as câmeras foram eleitas as melhores de 2019 até o momento. As imagens possuem muita definição, as cores tendem para o mais saturado possível e o contraste é equilibrado. Em boas condições de iluminação, o Note 10+ não sofre de perda de qualidade em nenhuma das três câmeras. Todas captam bastante luz devido à abertura menor. O sensor ToF 3D faz muito bem o seu trabalho em desfocar o fundo, mesmo que às vezes possa “borrar” um pouco o seu cabelo. 

Se em boas condições de luz as câmeras fazem um excelente trabalho, quando a noite cai os resultados são menos surpreendentes. O sensor principal ainda capta a luz mais facilmente graças à abertura variável, mas tanto a telefoto quanto a ultra grande angular não seguem a mesma qualidade. Dependendo do cenário, as fotos podem pecar no ISO mais elevado, o que acaba granulando as imagens. O sensor ToF 3D também pode não identificar com clareza o entorno para fazer o desfoque corretamente. E há o pós-processamento tradicional dos smartphones Samsung, que tende a passar um filtro de beleza em cada foto tirada. 

As câmeras do Galaxy Note 10+ se equivalem às presentes no Huawei P30 Pro e Google Pixel 3 XL. Elas se sobressaem em muitos aspectos, como em ambientes iluminados e a qualidade nas imagens com as lentes telefoto e ultra grande angular. Em outros, como em ambientes mais desafiadores, as câmeras ainda se saem muito bem, mas não tanto quanto seus concorrentes. 

Modo Noite do Galaxy Note 10+
Modo Noite do Galaxy Note 10+
Modo Noite do Huawei P30 Pro
Modo Noite do Huawei P30 Pro

Nas gravações de vídeo, o Galaxy Note 10+ trouxe algumas funcionalidades bastante bem-vindas para os criadores de conteúdo. Há um novo sistema de estabilização de imagem, o recurso Live Focus, que faz gravação com o fundo desfocado, e o áudio capturado de acordo com o foco do objeto. 

O novo sistema de estabilização é o maior destaque no Note 10+. Seja em muito movimento como carros, ônibus ou correndo pelo parque, as gravações são surpreendentemente firmes e sem tremidos. Tanto a câmera traseira quanto a frontal fazem gravações em 4K a 60fps. 

E por falar em câmera frontal, os 10MP de abertura f/2.2 são ótimos e o auto foco garante que os resultados saiam sempre definidas. Assim como no Galaxy S10+, o sensor frontal consegue fazer gravações em 4K com foco seletivo, ou seja, só você fica em evidência no vídeo.

Bateria

A Samsung comentou que precisou retirar a entrada para fones de ouvido do Galaxy Note 10+ para pôr mais bateria. São 4.300mAh com suporte ao carregamento ultrarrápido de até 45W (que precisa de um carregador compatível vendido separadamente). Na caixa, há um carregador de 25W que recarrega o smartphone em pouco mais de uma hora.

Bateria generosa de 4.300mAh mantém o Galaxy Note 10+ ligado por cerca de 1 dia
Bateria generosa de 4.300mAh mantém o Galaxy Note 10+ ligado por cerca de 1 dia

Em autonomia, a otimização da Samsung no Galaxy Note 10+ aliado à grande bateria fez com que o smartphone aguentasse muito bem horas de jogatina, edição de vídeo, redes sociais e rede móvel sempre ligada. Em nossos testes que simulam um dia inteiro fora de casa, saímos de casa às 8h e chegamos no escritório por volta das 19h e a bateria ainda estava em 40%. Nesse caso, tivemos cerca de 5h30 de tela. É uma marca muita boa se for levar em consideração a tela 2K gigante e o processamento poderoso.

Considerações finais

A Samsung entregou o smartphone mais completo do mercado atualmente. Seja para quem deseja trabalhar ou consumir conteúdos multimídia, tanto a tela enorme de 6,8 polegadas quanto o seu processamento serão o suficiente para satisfazer suas necessidades por, pelo menos, uns dois anos, até ele começar a encontrar desgaste na bateria. A nova S Pen é ideal para criadores de conteúdo e profissionais, por sua precisão e recursos extras que facilitam o dia a dia do usuário.

As câmeras também dão um salto em relação ao Galaxy S10+, produzindo imagens mais definidas, vivas e uma estabilização de imagem sensacional. O Galaxy Note 10+ é o smartphone dos sonhos para quem puder investir R$ 5.999,00 (na versão com 256GB de armazenamento) ou R$ 6.799,00 (na versão com 512GB). Agora, se você viver em uma realidade onde o Note 10+ é só um sonho, experimente o Galaxy S10+. O smartphone pode ser encontrado atualmente por R$ 3.599,00, na loja oficial do Showmetech no Magazine Luiza, e oferece desempenho similar e câmeras igualmente boas por quase metade do preço.

Gostou do Galaxy Note 10+? O smartphone está atualmente em pré-venda no site oficial da Samsung. Se você adquiri-lo durante o período de pré-venda, que vai até o dia 19 deste mês, levará para casa um Galaxy Watch Active e um carregador duplo sem fio.

Especificações técnicas do Galaxy Note 10+

Modelo Galaxy Note 10+
Tela 6,8 polegadas Infinity-O
Resolução 2K
Tecnologia Dynamic AMOLED
Medida 77,2 x 162,3 x 7,9 mm
Chipset Exynos 9825
Memória 12GB de RAM
Armazenamento 256GB ou 512GB
Cartão de memória até 1TB
Câmera Traseira 12MP f/1.5-2.4 wide
12MP f/2.4 telefoto
16MP f/2.2 ultra wide
Time of Flight (ToF)
Câmera Frontal 10 MP, f/2.2
Live Focus e Modo Noturno
Bateria 4.500mAh
Carregamento ultrarrápido 45W
S Pen Sim
Sistema Operacional Android 9.0 Pie
Interface OneUI
Áudio Sem entrada 3.5mm
Estéreo
Dolby Atmos
Conexão 4G
Extras Wi-Fi 6
Bluetooth 5.0
NFC
Rádio FM
HDR10+
sensor de digitais na tela
Cores Aura Glow
Preto
Aura White (somente versão de 512GB)
Preço R$ 5.699,00 (versão de 256GB)
R% 6.799,00 (versão de 512GB)

Samsung Galaxy Note10+

Galaxy Note 10+ é o smartphone definitivo da Samsung

O Galaxy Note 10+ traz tela enorme e processamento excelente para quem deseja usar o smartphone tanto para trabalhos e criação de conteúdos quanto para jogos e multimídia. As câmeras são uma das melhores já testadas pelo Showmetech, assim como a nova S Pen apresenta uma evolução considerável em relação à caneta anterior

Pros

  • Design elegante de borda a borda e formato Infinity-O;
  • Cor Aura Glow é a melhor cor disponível;
  • Tela enorme de 6,8 polegadas e resolução 2K excelente;
  • Processamento poderoso com Exynos 9825 e 12GB de RAM;
  • Sistema de resfriamento para melhor performance em jogos;
  • Recursos extras muito bem-vindos, como o novo DeX, Link To Windows e editor de vídeo nativo;
  • S Pen melhorada com giroscópio;
  • Três câmeras na traseiras de ótima qualidade tanto em boas condições de luz quanto em desafiadores;
  • Bateria de 4.300mAh segura o Note 10+ por um dia;
  • Carregamento de até 45W;

Cons

  • Design escorregadio;
  • Acumula bastante marcas de dedo;
  • Sem entrada de 3.5mm para fones de ouvido;
  • Custo-benefício.

Sobre o Autor

Paulo Carmino