Vida Sustentável

Fotógrafa sueca registra desapego material de jovens em seus quartos

Coleção “All I Own” convidou estudantes a empilharem seus bens para sensibilizar as pessoas sobre a importância do desapego material.

A fotógrafa sueca Sannah Kvist criou uma exposição fotográfica para incentivar as pessoas ao desapego de suas coisas. Chamada de “All I Own” (livremente traduzido para “Tudo que Tenho”), a coleção flagra estudantes que empilharam todos os seus bens, a fim de demonstrar que abriram mão dos objetos. As fotografias questionam os hábitos de consumo da sociedade contemporânea, e instiga o público a pensar se, de fato, o desapego traz liberdade.


Foto: Sannah Kvist/Tumblr

A exposição é baseada na própria experiência da fotógrafa, que se mudou para Estocolmo levando apenas uma mala com um computador, uma câmera e uma muda de roupas. De acordo com o site InHabitat, todos os estudantes captados pelas lentes de Sannah nasceram nos anos 80, a primeira geração a prezar pelo desapego material no país europeu.


Foto: Sannah Kvist/Tumblr

Além de provocar uma profunda reflexão existencial, o trabalho da fotógrafa sueca também desperta curiosidade nas pessoas, uma vez que são revelados os hábitos de consumo e os objetos que os participantes guardam em seus quartos, remetendo a uma sensação de particularidade e intimidade. Entre pilhas gigantes e outras menores, aparece uma lista extensa de itens – inclusive livros, revistas, bonecas e até máquinas de escrever.

A coleção de fotos também ajuda a melhorar a imagem dos mais jovens, que, na Suécia, muitas vezes são considerados pelas gerações anteriores como pessoas mais egoístas. Provando o contrário, Sannah apresenta um bom argumento não só para os habitantes do país nórdico, mas, principalmente, para o fim do consumismo exagerado no mundo inteiro.


Foto: Sannah Kvist/Tumblr

Redação CicloVivo