Tecnologia

Facebook Pay é o novo sistema de pagamentos para WhatsApp, Instagram e Facebook

Escrito por Paulo Carmino

Com o Facebook Pay será possível enviar e receber dinheiro no Facebook, Messenger, Instagram e WhatsApp, além de fazer doações

O Facebook acabou de anunciar um novo sistema de pagamentos chamando de Facebook Pay. Umas das vantagens dessa novidade é que ele vai funcionar não apenas no aplicativo do Facebook mas também no Messenger, no Instagram e até mesmo no WhatsApp. Ele foi lançado com o intuito de facilitar transições monetárias entre amigos e através das redes sociais mais conhecidas e populares da empresa.

Facebook Pay e suas funções

Com o novo sistema de pagamento o usuário poderá enviar e receber dinheiro para contatos, fazer compras online e até mesmo fazer doações para organizações. Inicialmente o Facebook Pay vai estar disponível apenas no Messenger e no Facebook e será lançado oficialmente nos Estados Unidos essa semana para início dos testes.

Nessa primeira fase já será possível o envio e recebimento de dinheiro, compra de ingressos para eventos, compras dentro de jogos e até mesmo comprar de alguns sites e negócios que já operam dentro do MarketPlace do Facebook.

Deborah Liu, vice presidente de marketplace e comércio do Facebook, já afirmou que com o tempo o plano é de trazer o serviço para mais pessoas e lugares, incluindo torna-lo disponível no Instagram e no WhatsApp.

Com o Facebook Pay é possível fazer compras, transferir dinheiro e até fazer doações

O recurso poderá ser encontrado na sessão de configurações tanto do Facebook quanto do Messenger e terá suporte para a maioria das bandeiras de cartões de crédito e débito, além do PayPal, que também será utilizado como processo de pagamento dentro do Facebook Pay.

Uma das facilidades trazidas pelo novo sistema de pagamento é que o usuário poderá utilizá-lo para fazer compras e pagamentos online sem precisar ficar digitando a todo momento suas informações de cartões. Também será possível configurar em cada aplicativo separadamente. Ou seja, o usuário pode escolher usar no Messenger e não no WhatsApp.

“Você também pode adicionar um PIN ou usar a biometria do dispositivo, como reconhecimento de identificação por toque ou face, para uma camada extra de segurança ao enviar dinheiro ou efetuar um pagamento. O Facebook não recebe nem armazena informações biométricas do seu dispositivo”

Lançamento para outros países

Sistema de pagamentos do Facebook aceita a maioria das bandeiras de cartões e o PayPal
Sistema de pagamentos do Facebook aceita a maioria das bandeiras de cartões e o PayPal

Por enquanto o serviço de pagamento ainda está sendo testado e começará o teste público nos Estados Unidos. Por isso, a empresa ainda não confirmou nenhuma data para ser lançado em outros países e nem mesmo quando ocorrerá a integração com o Instagram e o WhatsApp.

Deborah Liu ainda completa:

“Facebook Pay é parte de um trabalho contínuo para tornar o comércio mais conveniente, acessível e seguro para as pessoas que usam nossos aplicativos. Nós continuaremos a desenvolver o Facebook Pay e procurar por formas de torna-lo ainda mais valioso para pessoas em nossos aplicativos.”

A empresa também deixou claro que o Facebook Pay não tem nada a ver com a carteira Calibra, que funcionará na rede Libra. O Facebook acabou enfrentando algumas dificuldades por causa da sua criptomoeda Libra, tendo que pedir uma licença como operadora de serviços de pagamento na Suíça. Porém, é preciso ter uma licença em todos os países onde eles desejam operar com a criptomoeda, o que torna o processo mais difícil.

“Criamos o Facebook Pay para armazenar e criptografar com segurança os números de seu cartão e conta bancária, realizar monitoramento antifraude em nossos sistemas para detectar atividades não autorizadas e fornecer notificações para atividades da conta”

Lembrando também que o Facebook Pay chega como um passo a mais no caminho para que o Facebook possa consagrar os planos de integrar ainda mais seus serviços e aplicativos.

Sobre o Autor

Paulo Carmino