Geek

Exclusividade de um ano do PS4 em modo de Call of Duty: Modern Warfare irrita fãs

Escrito por Paulo Carmino

Na semana passada a Activision e a Infinity Ward revelaram que “a maioria” dos DLCs de Call of Duty: Modern Warfare seria lançada simultaneamente em todas as plataformas, mas os jogadores do PlayStation 4 receberiam uma “excitante vantagem no primeiro dia”. Agora foi esclarecido que a maioria dos DLCs não inclui o modo Spec Ops Survival, e a vantagem do primeiro dia é a exclusividade deste por nada menos que um ano.

A parceria da Sony com a Activision na atual geração tem dado exclusividade de um mês nos DLCs dos jogos da série Call of Duty para o PlayStation 4, mas como Modern Warfare será o primeiro a unir todas as plataformas no modo multiplayer, os novos mapas e armas serão lançados simultaneamente. A compensação desta vez veio na extensão da exclusividade do modo Spec Ops Survival a um ano, o que irritou os jogadores do PC e Xbox One.

No último trailer divulgado, há a informação em letras muito pequenas que o conteúdo exclusivo do PS4 vai “até 1º de outubro de 2020”. Ou seja, é praticamente uma exclusividade vitalícia para a maior parte dos jogadores, visto que em outubro de 2020 outro Call of Duty já estará chegando ao mercado e a comunidade estará abandonando Modern Warfare.

Pelo Twitter, o diretor de narrativa da Infinity Ward, Taylor Kurosaki, enfatizou que a exclusividade se aplica apenas ao sub-modo Survival do modo Spec Ops, portanto a comunidade não deveria fazer muito barulho por tão pouco.

“Sejamos honestos, ‘arruinar’ é um exagero”, respondeu Kurosaki aos comentários de que a Activision estaria arruinando o jogo para os usuários do PC e Xbox One. “O modo Survival é 1% do jogo. Os outros 99% são dia e data simultâneos em todas as plataformas. Prefiro que todos reproduzam 99% do conteúdo ao mesmo tempo que 100% do conteúdo algum tempo depois”.

Call of Duty: Modern Warfare será lançado em 25 de outubro no PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Sobre o Autor

Paulo Carmino