Geek

Ex-diretor da Epic diz que teria cancelado Fortnite

Escrito por Paulo Carmino

A Epic Games quase matou sua galinha dos ovos de ouro quando ela era ainda um pintinho. Segundo o ex-diretor da produtora, Rod Fergusson, ele “tentou cancelar” o jogo quando trabalhava na Epic e está seguro que teria tomado essa decisão se não tivesse deixado o cargo anos atrás.

Fergusson, que hoje está no estúdio The Coalition, da série Gears of War, contou à equipe da revista Game Informer que Fortnite “não teria passado pelo seu crivo de qualidade”, por isso “tentou cancelar” o projeto na ocasião.

“Como diretor de produção da época, esse jogo não teria passado pelo meu crivo como algo que devíamos continuar [desenvolvendo]”, disse ele.

O feeling de Fergusson pode ter falhado, mas é bom lembrar que Fornite começou como um jogo bem diferente do que é hoje e foi lançado em 2017 como Fortnite: Save the World, que era uma mistura de Minecraft com Left 4 Dead.

O fenômeno de popularidade veio depois, quando a Epic decidiu usar as bases do jogo para criar um jogo de tiro no estilo Battle Royale, que estava começando a estourar com PUBG.

“Então, quando as pessoas olham para mim e dizem ‘você não se sente mal [por ter saído antes do sucesso estratosférico de Fortnite]?’ Eu digo não, você deveria se sentir muito bem, porque o jogo que você ama – que é uma sensação mundial – não existiria se eu tivesse ficado na Epic”.

Apesar disso, Fergusson diz que “não perdeu o sono” e está “muito feliz com o sucesso da Epic”.

Sobre o Autor

Paulo Carmino