Decoração & Design

Estufa sustentável garante condições perfeitas para vegetais

Criada na Dinamarca a nova estrutura para plantas recria condições climáticas de forma natural.

O jardim botânico de Aarhus, na Dinamarca, passou por uma série de reformas e ganhou uma nova estufa, totalmente sustentável. Inspirado na estrutura para vegetais construída anteriormente, o projeto utiliza materiais de alto desempenho e técnicas de arquitetura inteligente para estimular o crescimento de diversas plantas, reduzindo o uso de iluminação artificial e dando prioridade à ventilação natural.

O projeto da estufa foi apresentado pelos arquitetos do escritório dinamarquês CF Møller, especializado em construções sustentáveis. A estrutura é baseada na estufa construída em 1969, com formato de um caracol. Segundo o site Plataforma Arquitectura, as características do ambiente original foram reproduzidas, a fim de preservar a identidade da primeira construção.

Composta por arquitetos e engenheiros, a equipe responsável pela nova estufa realizou uma série de cálculos para garantir que a luz invada o ambiente interno de acordo com a trajetória do sol. Além disso, as plantas recebem a maior intensidade de luz possível durante os dias nublados e frios, e, no verão, a entrada de luminosidade é regulada pela própria estrutura, que também projeta sombras sobre os vegetais.

A estufa sustentável se transformou numa nova atração turística da cidade, não apenas por reunir diversas espécies de plantas, mas também por reconstruir a importância cultural e ambiental do jardim botânico de Aarhus. Além da estufa, o local também vai abrigar um centro de estudos em botânica.

Redação CicloVivo