Tecnologia

Entenda como ele funciona > Showmetech

Desde o ano passado, podemos dizer que as Smart TVs passaram do status de “novidade” e “experimento ainda não muito prático ou fácil de usar”, para dispositivos realmente práticos, que conseguem integrar vários dispositivos, canais e serviços em uma plataforma (ou interface) simples e mais intuitiva. Trocar de um canal de TV a cabo para um episódio de série em streaming no Netflix, por exemplo, passa a ser feito 2 ou 3 cliques. Isso parecia impossível (ou lento demais no passado), não é mesmo?

Novas funcionalidades que fazem a experiência de usar uma Smart TV tão fácil como utilizar um smartphone. Aliás, com conectividade, processadores e memórias similares, esses aparelhos estão cada vez mais parecidos. Lembrando as praticidades de interfaces mobile, o Smart Hub, nome da tela inicial do sistema operacional das televisões da Samsung, traz em uma única tela com todas as informações, onde é possível escolher os equipamentos que estão conectados à TV ou acessar o último episódio de uma série que está acompanhando e voltar a assistí-lo exatamente do ponto onde parou na última vez. Todo esse processo pode ser feito com apenas três toques no controle remoto.

O usuário pode personalizar a gosto, que se tenha acesso rápido e fácil aos aplicativos mais usados. Para controlar tudo isso, uma outra facilidade recentemente apresentada é One Control. Como você imaginou, trata-se de um controle remoto que é vendido juntamente com as melhores Smart TVs da marca, que pode ser utilizado para controlar quase todos os dispositivos que estão ligados ao aparelho. Isso significa que, com este recurso, um único controle remoto pode controlar a TV por assinatura, Home Theater, Blu-Ray, entre outros equipamentos.

Configuração Automática: basta conectar um aparelho à TV, que o One Control o reconhece comanda.

A configuração é automática, ocorrendo a partir do momento que um novo equipamento é conectado. A Smart TV Samsung identifica o dispositivo e visualmente mostra em qual entrada ele foi ligado. A partir deste momento, ao selecionar um desses equipamentos, o próprio controle remoto da televisão irá comandar este aparelho.

“A nossa plataforma Smart tem sido um passo revolucionário no universo dos televisores, o que faz dele um sistema ainda mais inteligente e integrado. O sistema operacional da Samsung enriquece a experiência de entretenimento dos nossos consumidores e potencializa o futuro do entretenimento doméstico”, afirma Erico Traldi, Gerente Sênior da área de Áudio e Vídeo da Samsung Brasil.

Outro ponto de destaque do sistema é a sincronização das Smart TVs com outros dispositivos. Pelo fato das televisões Samsung utilizarem o Tizen, plataforma de código aberto que permite que desenvolvedores criem conteúdos tanto para TVs, smartwatches ou até mesmo soluções para outros tipos de equipamentos como ar-condicionado, máquina de lavar roupa, entre muitos outros.

A convergência com o smartphone já começa quando o consumidor instala a sua televisão. Ao liga-la pela primeira vez, o aparelho detecta que existe um smartphone Samsung próximo e solicita permissão para poder usar informações do dispositivo para configurar o Wi-Fi e outras contas necessárias para utilizar a Smart TV. Esse processo para configurar uma nova TV usando esta convergência não leva mais do que alguns segundos. Assistir a imagem da televisão na tela do smartphone, ou utilizá-lo para escolher qual série quer assistir na sua Smart TV, também é algo possível através da convergência entre esses equipamentos.