Tecnologia

Engenheiro australiano cria moto voadora para substituir helicópteros

Escrito por Forbiddeen

O engenheiro australiano Chris Malloy criou uma espécie de motocicleta voadora. A invenção tem como intuito substituir parte das funções que são atualmente exercidas através do uso de helicópteros, agredindo menos o meio ambiente.

O engenheiro australiano Chris Malloy criou uma espécie de motocicleta voadora. A invenção tem como intuito substituir parte das funções que são atualmente exercidas através do uso de helicópteros, pois chega a até três quilômetros de altura, com velocidade de até 273 km/h.

O veículo ainda não está finalizado e depende de doações para que deixe de ser um conceito e passe a ser usado efetivamente. Malloy utilizou um motor BMW e duas grandes hélices, uma na frente e outra atrás. Mesmo que o motor da Hoverbike seja movido a gasolina, essa ainda seria uma opção mais sustentável que o helicóptero, que necessita de muito mais combustível.

A moto voadora ainda não passou por testes em grandes distâncias, nem alturas. Segundo o criador, a Hoverbike ainda não “saiu de sua rua”. Antes disso, ele precisa garantir todas as questões de segurança para não colocar a vida do usuário em risco.

A invenção tem como potenciais áreas de atuação o mapeamento de áreas, serviços de buscas e salvamentos, principalmente em ações militares, levantamento aéreo de parques, fauna e flora, entre outras coisas. Para Malloy tudo isso pode ser feito de maneira mais silenciosa e emitindo menos poluentes que os helicópteros.

Além da utilidade e inovação, a moto possui design futurista, que lembram desenhos e filmes de ficção. Após finalizada, o inventor acredita que com 40 mil dólares seja possível reproduzir e comercializar outras unidades do modelo.

Redação CicloVivo

Sobre o Autor

Forbiddeen