Geek

EA remove Marco van Basten de FIFA 20 após uso de saudação nazista

Escrito por Paulo Carmino

A EA removeu o holandês Marco van Basten de FIFA 20 após o ex-jogador usar o termo nazista “Sieg Heil” ao vivo em uma transmissão de TV. O atacante ex-Ajax e Milan também foi suspenso de seu papel como comentarista da Fox Sports por uma semana.

“Sieg Heil”, que em alemão significa “saudar a vitória”, foi pronunciado por Van Basten durante uma transmissão da versão holandesa do canal Fox Sports no final de novembro. O ex-jogador, hoje com 55 anos, se desculpou mais tarde no programa De Eretribune, e a Fox divulgou uma nota chamando o comentário de “estúpido e inapropriado”.

Além de acatar a punição, Van Basten concordou em doar seus salários da semana ao Instituto Holandês de Documentação de Guerra.

Agora, a EA também anunciou sua punição a Van Basten removendo o jogador de FIFA 20. No jogo, ele é um cartão ícone cobiçado para uso no Ultimate Team. Van Basten vem em três formas no jogo, cada uma refletindo um período diferente em sua carreira.

“Estamos cientes dos comentários recentes de Marco Van Basten. Temos uma expectativa de que nosso compromisso com a igualdade e a diversidade seja mantido em todo o jogo. Como tal, suspenderemos os itens de Marco Van Basten Icon disponíveis em pacotes, SBCs e Rascunho FUT até novo aviso”, comentou a EA.

Sobre o Autor

Paulo Carmino