Desenvolvimento

Dermatite atópica e dermatite seborreica: principais diferenças

Escrito por Forbiddeen

Ambas as dermatites – tanto a atópica quanto a seborreica, podem surgir das questões do estresse, alimentação, assim como influência genética. As dermatites, como um todo, estão entre as 5 doenças mais comuns da pele. Mas, para muitas pessoas, ainda é difícil diferenciar a dermatite atópica da dermatite seborreica, mesmo elas sendo tão comuns.

Para te ajudar nessa diferenciação, trouxemos um texto que vai clarear mais as coisas, trazendo mais detalhes acerca dessas duas dermatites, e como diferenciá-las, quer seja em sintomas ou causas.

Lembrando que além dessas duas, ainda existem uma série de outras dermatites, que também podem ser confundidas com questões como a Psoríase e assim por diante. Portanto, muita atenção e cuidado com a saúde de sua pele.

Diferenciando as dermatites atópica e seborreica

Primeiro falemos sobre a dermatite atópica:

  • Ela se caracteriza pelas erupções na crosta do couro cabeludo, nas mãos, nos pés, na face, nos braços, nas pernas ou na nuca. A coceira costuma ser bem intensa, pondo em risco inclusive a própria pele, que pode ser rompida e lesionada pela coceira;
  • As causas costumam estar vinculadas à genética, sendo esse tipo de dermatite mais comum entre pessoas que possuem asma ou rinite alérgica. O estresse agrava o problema, e pode fazer surgir mais feridas, que são acompanhadas de mais coceira. Banhos quentes e atrito excessivo de panos pode ressecar a pele e ocasionar a dermatite atópica;
  • O tratamento dessa dermatite envolve a aplicação de cremes e pomadas, ambas à base de corticoides, assim como antibióticos orais, caso exista infecção na região. A exposição à luz ultravioleta também é conhecida por tratar a doença, quando combinada a doses orais de psoraleno e imunomoduladores de uso local;

Agora, falando sobre a dermatite seborreica:

  • A dermatite seborreica se caracteriza pela inflamação da pele, produzindo não cascas, mas vermelhidão e coceira. Na região pode ocorrer a descamação, principalmente se em áreas com concentração de mais glândulas sebáceas, como é o caso do peito, face, sobrancelhas, orelha ou nariz. No couro cabeludo, a dermatite seborreica também pode se manifestar, ocasionando a caspa;
  • As causas dessa dermatite não são necessariamente claras, as suspeita-se que seja algo relacionado ao fungo Pityrosporum Ovale, assim como alterações hormonais e o clima seco. Tudo isso, vinculado aos graus elevados de estresse, ou mesmo depressão, podem resultar nos surtos da dermatite seborreica;
  • Para o tratamento, é possível usar um laser de baixa frequência, para reduzir a coceira e a descamação das áreas acometidas, assim como xampu a base de enxofre, loções capilares com ácido salicílico, resorcina, prescrição de anti-inflamatórios, antifúngicos de via oral, ureia ou mesmo cetoconazol.

Pelas descrições específicas e reduzidas acima, deu para notar que existem vastas diferenças entre ambas as dermatites, certo? Além de suas manifestações, também notamos grandes diferenças na forma como as doenças podem ser tratadas, ou mesmo o que as causa.

Portanto, pela breve leitura, já é possível notar e diferenciar se você possui uma ou outra das doenças. De toda forma, é recomendável entrar em contato com um profissional da área de dermatologia para que seja possível a emissão de um diagnóstico claro e específico.

Dessa forma, terá a certeza de estar usando a medicação certa para a sua dermatite, assim como, saberá que não corre riscos da dermatite se alastrar mais e trazer problemas para a saúde, além dos já causados.

Todo o cuidado possível com as dermatites

Se caracterizando por uma reação na pele, as dermatites costumam incomodar bastante, mas não parecem trazer nenhum tipo de consequência grande ao primeiro olhar, a não ser o incômodo inicial.

O ponto é que, deixar a dermatite sem cuidados, e desenvolvendo-se, pode progredir para uma maior sensibilização da pele, podendo inclusive passar a gerar uma alergia mais intensa, ou deixar marcas na pele, mesmo depois que a condição é tratada. Por conta disso, recomendamos sempre que a procura por um dermatologista seja a mais rápida possível.

Sobre o Autor

Forbiddeen