Tecnologia

Coreanos criam tablet que dispensa eletricidade e baterias

Escrito por Forbiddeen

Os designers coreanos Jun-se Kim, Yonggu Do e Eunha Seo desenvolveram um tablet alimentado pelo toque. A invenção utiliza a piezoeletricidade para substituir as baterias ou eletricidades usadas nos aparelhos comuns.

Os tablets têm grande potencial para ser o protagonista de uma era digital. As pranchetas que ganharam fama com o iPad pretendem alcançar o mercado de maneira a substituir parte do acessórios e livros usados tradicionalmente. Diante disso, três designers coreanos desenvolveram uma versão ecologicamente correta do computador.

O trio formado por Jun-se Kim, Yonggu Do e Eunha Seo desenvolveu um iPad do futuro. O conceito não utiliza os sistemas de eletricidade convencionais ou baterias e é alimentado pelo toque, ou seja, ao invés de tomadas a pessoas precisam apenas tocar na tela para que ela funcione, tarefa simples já que os tablets utilizam tecnologia “touchscreen”.

A tecnologia é possível graças à piezoeletricidade, que é a capacidade que alguns cristais têm para gerar eletricidade ao serem pressionados. Assim os criadores colocaram uma camada de filme piezoelétrico na superfície do tablet, que ao ser pressionado torna possível a visualização das funções do computador.

A invenção, chamada de Ecopad, surge como uma alternativa limpa aos computadores, que ganham cada dia mais espaço no comércio e na vida de pessoas em todo o mundo. O conceito foi uma das sete criações vencedoras do concurso “A Life with Future Computing”, feito pela Fujitsu, mas ainda assim não tem previsão para ser produzido em escala comercial. Com informações do Tecmundo.

Redação CicloVivo

Sobre o Autor

Forbiddeen