Tecnologia

Conheça três formas de recuperar um arquivo PDF danificado

Teve problemas com seu documento em PDF? Aqui te contamos algumas formas de recuperar seu arquivo.

O formato PDF é uma ferramenta universal para a criação de textos, onde é possível colocar ilustrações, gráficos e até enviar por e-mail sem que o anexo pese tanto. O principal leitor de PDF é o Acrobat Reader que, diferente do Word, Photoshop ou Corel, é inteiramente grátis.

Porém, o principal problema com arquivos deste formato é que, depois que ele está danificado, não é tão fácil de arrumar com as ferramentas comuns da Adobe. Isso não é um problema se você puder fazer o download novamente ou só pegar uma nova cópia. Mas e se o documento for uma cópia única?

Aqui nós te ensinamos a recuperar seu arquivo com uma das ferramentas mais práticas, que é a Recovery Toolbox for PDF. Antes disso, vale a pena verificar como a própria Adobe sugere consertar o erro.

Abrindo com o Acrobat Reader

O fato de um PDF se tornar indisponível depois de ser enviado por e-mail é bem comum. Nesse caso, uma das causas é o código do programa Acrobat estar sobrecarregado com variáveis externas. Quando o erro ao abrir acontece, você geralmente recebe uma mensagem pop-up assim:

Traduzindo a mensagem acima, temos a informação de que “o arquivo está danificado e não pode ser reparado“. Na página oficial da Adobe, é possível encontrarmos as seguintes recomendações:

Conheça três formas de recuperar um arquivo PDF danificado

O primeiro passo é instalar o Acrobat Reader no seu computador; o segundo é designar o Acrobat como a aplicação padrão para abrir os documentos PDF; o ponto seguinte diz para o usuário buscar a atualização mais recente do programa. Se até agora nada resolver, vale prestarmos atenção no 4º ponto, que é justamente a recuperação do software.

Para isso, você precisa clicar na aba “Ajuda“, que é o último item da barra superior do Acrobat, e selecionar “Reparar instalação“. Opcionalmente, se você tiver salvo o arquivo com outros softwares da fabricante (como Photoshop ou InDesign), a solução pode ser selecionar outra extensão e exportar novamente.

Por fim, se o arquivo ainda não abrir da forma tradicional, outra opção é abrir o arquivo com o bloco de notas do seu dispositivo. Basta clicar com o botão direito na área onde ele está salvo e selecionar “Abrir com…” e, em seguida, clicar no aplicativo que desejar – seja Windows ou Mac. Assim, você ainda tem acesso ao texto do arquivo e pode copiar/colar em outro documento.

Se até agora nada te salvar, podemos passar para a próxima etapa.

adobe reader, logotipos de softwares para recuperação (recovery toolbox e acrobat reader)

Ferramentas PDF terceiras

Como comentamos acima, uma recomendação nossa é o Recovery Toolbox, programa onde é possível ter uma prévia do arquivo restaurado antes que você precise colocar a mão no bolso. Há duas opções: o software para Windows e o serviço online.

No programa instalável, é só encontrar o arquivo PDF e especificar a pasta onde a recuperação deve ser salva. O programa custa 27 dólares (cerca de R$ 157) e possui um número ilimitado de restaurações e tamanho dos arquivos.

tela do recovery toolbox for pdf, para inserir o nome do arquivo em uma barra

Outra opção é usar o serviço de forma fracionada, online. Caso seu investimento não seja a longo prazo e você só precise recuperar um único arquivo, pode optar por fazer o upload no site e pagar 10 dólares (cerca de R$ 58) por 1 GB de recuperação. O arquivo recuperado, então, é enviado para o seu e-mail.

tela do recovery toolbox for pdf, online, para upload do arquivo pdf

Há também o serviço universal para a recuperação de arquivos, que abre também as extensões docx, xlsx, psd, ai, ost, e outros formatos populares. O processo é o mesmo, basta fazer o upload, checar qual o peso do arquivo, realizar o pagamento e ele chega no seu email. Vale lembrar que o Recovery Toolbox também possui um software para a recuperação de PDFs com senha.

Conseguiu solucionar seu problema com nossas recomendações? Conte para a gente nos comentários!