Meio Ambiente

Condomínio usa tela em volta de palmeiras e 200 periquitos são mortos

O caso aconteceu na última quinta-feira (27) e foi denunciado ao Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) através da mídia local.

A morte de 200 periquitos-de-asa-branca tem causado indignação em Manaus, no Amazonas. O caso aconteceu na última quinta-feira (27) e foi denunciado ao Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) através da mídia local. O órgão investiga o caso, mas a suspeita é de que os animais tenham sido envenenados.

Há dois anos o condomínio Ephigênio Salles solicitou uma autorização para colocar telas ao redor das grandes palmeiras localizadas em frente ao conjunto. Na época a autorização foi concedida por um mês pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas). No entanto, o material continua no local. A justificativa do condomínio para a decisão era de que as aves estavam prejudicando o desenvolvimento das plantas.


Foto: Divulgação/IPAAM

Ainda não se sabe ao certo a causa para as mortes, mas especula-se que os periquitos tenham sido envenenados de alguma forma. De acordo com o IPAAM, foram recolhidas 40 amostras para a realização de testes toxicológicos. Assim, será possível identificar se houve envenenamento, vírus ou praga.

Dependendo do resultado das análises, caso seja comprovado o envenenamento criminal, os responsáveis serão identificados e punidos de acordo com a Lei 9.605 e com o Decreto 6.514, que punem infratores que cometeram crimes contra o meio ambiente.

Redação CicloVivo