Tecnologia

Com câmera retrátil, Motorola One Hyper é lançado no Brasil

Escrito por Paulo Carmino

Além da câmera frontal retrátil (pop-up), o novo Motorola One Hyper chega ao Brasil com configurações intermediárias e Android 10 por R$ 2,499.00

Depois de vários rumores, o novo e último integrante da família Motorola One em 2019 foi anunciado, nesta quarta-feira (04), em São Paulo. Com câmera frontal retrátil e especificações intermediárias, o Motorola One Hyper chega como o segundo smartphone comercializado no país equipado com a tecnologia de câmera pop-up.

Segundo a Motorola, o lançamento do One Hyper em dezembro é uma estratégia da empresa para alcançar as vendas de fim de ano. Assim, a empresa encerra suas novidades de 2019, após anunciar, ao longo do ano, os modelos: One Vision, One Action, One Zoom e One Macro.

Câmera retrátil (pop-up) com Night Vision

O Motorola One Hyper não é o primeiro smartphone da linha com a tecnologia Night Vision nas câmeras, presente nos modelos One Vision e One Zoom, mas inova por trazer a novidade também para a câmera frontal retrátil de 32MP.

Com isso, tanto a câmera principal dupla de 64MP + 8MP quanto a frontal são capazes de fazer fotos com boa qualidade mesmo em condições mais desafiadoras de iluminação, já que, associados à tecnologia Quad Pixel, proporciona 4x mais sensibilidade à luz. Segundo a Motorola, trata-se do melhor sensor já feito pela empresa, prometendo alta resolução e autofoco a laser preciso que permite focar instantaneamente objetos.

Assim como o mecanismo de retração do Zenfone 6 e sua câmera giratória, a Motorola garante que o mecanismo da câmera retrátil do One Hyper é capaz de retrair caso ele “sinta” uma queda repentina.

A segunda câmera traseira do One Hyper tem 8MP e lente ultra-wide de 118º. Com ela você consegue registrar imagens com um campo de visão maior, cabendo mais objetos em uma mesma cena.

Tela infinita – de verdade!

Tela de 6.5 polegadas do Motorola One Hyper

A inserção de uma câmera retrátil não só traz benefícios na estética como também na qualidade do display. Devido ao novo sistema de câmera, a parte frontal do One Hyper é composto só por tela e bordas – um pouco visíveis. O painel IPS LCD tem 6,5 polegadas de tamanho, o maior da linha, e resolução Full HD+ (16 milhões de cores).

Design arrendondado

O smartphone da Motorola tem uma construção bem acabada e um design simples. As bordas são arredondadas, e segundo a empresa, a intenção é dar uma sensação de “continuidade” em sua estrutura. O sensor de digitais fica na traseira do aparelho e pisca quando há notificações (chamadas, e-mails, mensagens).

O One Hyper chega às lojas em três opções de cores: azul oceano, vermelho âmbar e rosa boreal. Entretanto, nesse primeiro momento, a única versão disponível é na cor azul oceano. As outras duas cores estarão disponíveis apenas em janeiro de 2020.

Sobre sua construção, o One Hyper possui traseira em material plástico, com característcas de aparelho premium. A Motorola não deu detalhes sobre o material.

Traseira do Motorola One Hyper
Traseira do Motorola One Hyper

Especificações técnicas e sistema operacional

No cérebro do smartphone roda um processador da Qualcomm, o Snapdragon 675. Ele é um octa-core subdividido em dois núcleos Cortex-A76 de 2 GHz (focados em alto desempenho) + seis núcleos Cortex-A55 de 1,8 GHz (focados em tarefas menos exigentes). O chipset ainda conta com 4GB de memória RAM, 128GB de armazenamento interno e GPU Adreno 612. Segundo a Qualcomm, o SD675 tem foco em games, ou seja, ele promete levar desempenho satisfatório em jogos para smartphones intermediários.

O Motorola One Hyper tem processador Qualcomm Snapdragon 675 octa-core
O Motorola One Hyper tem processador Qualcomm Snapdragon 675 octa-core

Além disso, ele conta com recursos de inteligência artificial para aumentar a performance em games, utilização do dia a dia e autonomia de bateria. O One Hyper já sai de fábrica com o sistema operacional Android 10, sendo um dos primeiros disponíveis no país com o novo SO. Para completar as especificações, ele acompanha suporte à expansão de memória via cartão de memória de até 1TB, Bluetooth 5.0, NFC e proteção contra respingos de água.

Carregador + Bateria Hyper de 45W

A fonte do carregador do One Hyper é grande e pesada
A fonte do carregador do One Hyper é grande e pesada

Outro destaque está no carregador do Motorola One Hyper. São 4.000mAh de bateria com suporte ao carregamento ultrarrápido de 45W – o mais potente da categoria. Segundo a empresa, em apenas 10 minutos de carga, o usuário consegue ter 12 horas de uso do smartphone, ou seja, uma autonomia para o dia inteiro. Em trinta minutos, você consegue ter 75% da bateria carregada para continuar usando o One Hyper. A Motorola explica que isso é possível graças a tecnologia Hyper Charging.

O Motorola One Hyper já está à venda nos principais varejistas online pelo preço sugerido de R$ 2.499,00.

O achou do novo smartphone da Motorola? Conta para a gente aqui nos comentários.

Ficha técnica (Motorola One Hyper)

Especificações Motorola One Hyper
Cores Azul oceano, vermelho âmbar e rosa boreal.
Tela IPS LCD de 6,5 polegadas
Full HD+
Processamento Snapdragon 675
Memória e armazenamento 4GB
128 GB + micro SD até 1 TB.
Android Android 10
Câmera traseira Dupla, 64 megapixels + 8 megapixels Ultra-wide
Câmera frontal 32 megapixels (retrátil)
Bateria 4000 mAh
carregamento ultrarrápido 45W
Preço R$ 2,499.00

Sobre o Autor

Paulo Carmino