Tecnologia

Carregador de carro elétrico será obrigatório nos postos de combustível da Alemanha

Entidades acreditam que esta medida possa aumentar as vendas no setor de carro elétrico do país

Nesta última quinta-feira (4), a Alemanha anunciou que irá obrigar todos os postos de gasolina do país a oferecerem pelo menos um carregador para carro elétrico. A decisão faz parte de um plano de recuperação econômica do país para a crise criada pela pandemia do novo coronavírus, e tem como principal objetivo acabar com as preocupações com o abastecimento que podem impedir os consumidores de adquirir um carro elétrico.

Além da medida, o país também irá adotar outras formas de incentivar seus cidadãos a comprarem veículos elétricos (algo que ajudaria não apenas a economia de forma imediata, mas também o meio ambiente, já que esses veículos são muito menos poluentes do que aqueles que utilizam combustíveis fósseis), como a aplicação de multas em pessoas que dirigem carros com motores que consomem muito combustível (como SUVs) pelo fato deles serem mais poluentes do que a média, além de oferecer um subsídio de €6000 para qualquer pessoa que queira adquirir um carro elétrico.

Ainda como parte deste estímulo, €2,5 bilhões de euros serão investidos pelas companhias na produção de baterias e na infraestrutura de carregamento necessária para a instalação em todos os postos de combustíveis do país — um mercado que atualmente é dominado por três empresas: Shell, Engie e Tesla.

A Alemanha não é o único país europeu a desenvolver um plano do tipo para estimular a venda de carros elétricos, e o anúncio dessas medidas foram feitos cerca de uma semana depois do presidente francês, Emmanuel Macron, anunciar um plano de incentivo parecido. 

Força para o setor de carro elétrico

A Tesla é uma das empresas de carro elétrico de maior destaque no mundo

Este tipo de estímulo é importante porque, apesar dos carros elétricos serem considerados por muitos como a tecnologia veicular do futuro, a adoção desse tipo de automóvel pelo público ainda é muito baixa.

De acordo com os dados de registros de automóveis alemães de 2019, apenas 1,8% da frota do país é composta de veículos elétricos, contra 32% de veículos a diesel e 59,2% de veículos movidos à gasolina. E, dos cerca de 170 mil novos registros de automóveis feitos em maio deste ano no país, apenas 3,3% deles foram de carros elétricos.

De acordo com Diego Biasi, presidente e cofundador da Quercus Real Assets (empresa de investimentos especializada na categoria de energia renovável), o maior motivo para as pessoas não adquirirem um carro elétrico atualmente na Alemanha não é o preço dos veículos, mas a preocupação de ficarem sem “combustível”.

carro elétrico estação carregamento
O principal motivo que impede os alemães de adquirir um carro elétrico é o receio de não encontrar um local onde possa carregar a bateria do veículo (Imagem: ABB)

Isto porque existem poucos postos que oferecem carregamento para este tipo de veículo, e há uma preocupação de, eventualmente, não conseguir encontrar nenhum posto que possua um carregador, e acabar tendo que guinchar o carro porque a bateria não teve autonomia o suficiente para completar o trajeto.

Assim, com esta nova obrigação do governo alemão de que todos os postos do país tenham ao menos um carregador para veículos elétricos, este medo de ficar parado por causa de o veículo não ter autonomia o suficiente é solucionado, o que deverá causar um grande aumento nas vendas do setor.

De acordo com dados de março deste ano, a Alemanha possui atualmente 27730 estações para carregamento de baterias de carros elétricos espalhadas pelo país, e de acordo com a BDEW (organização empresarial alemã responsável pelos setores de água e energia) é necessário ao menos 70 mil estações de carregamento comum e 7 mil de carregamento rápido espalhados pelo país para ser possível criar uma verdadeira frota alemã de veículos elétricos.

Fonte: Reuters