Geek

Capcom terá poucos lançamentos em 2020, mas promete títulos “importantes”

Escrito por Paulo Carmino

A Capcom revelou que tem poucos lançamentos planejados para seu atual ano fiscal, que vai até 31 de março de 2021, mas ainda planeja lançar títulos “importantes” no período. Resident Evil 8 tem sido cogitado como um deles.

A editora japonesa informou a seus investidores que lançará apenas 13 SKUs de jogos durante o atual ano fiscal. Por SKU, entende-se cada versão como única, portanto Resident Evil 3, por exemplo, rendeu três SKUs com suas versões para PC, PS4 e Xbox One.

O número é significativamente menor que os 35 SKUs lançados no ano fiscal de 2020 e os 61 SKUs lançados em 2019.

No último ano da Capcom, Monster Hunter World: Iceborne foi o único lançamento classificado como “importante”. A editora também lançou versões de Devil May Cry e Mega Man para várias plataformas.

Se Resident Evil 8 for realmente lançado antes de abril de 2021, ele provavelmente ocuparia pelo menos cinco desses SKUs se contemplar os consoles atuais e da próxima geração. O jogo por enquanto é apenas um rumor, mas que vem ganhando força e indícios de um anúncio próximo.

A Capcom também anunciou ter obtido lucros recordes pelo terceiro ano consecutivo ao acumular 25,5 milhões de unidades de jogos vendidas. A empresa prevê que alcançará um novo recorde de vendas de 28 milhões de unidades no atual ano fiscal, o que é mais um bom indício de que algo do calibre de Resident Evil 8 pode ser lançado. Por enquanto, a empresa diz que o número será possível por “vários novos títulos importantes e vendas de catálogo inverso”.

Além de Resident Evil 8, existem rumores sobre uma remasterização ou remake de Resident Evil 4.

Resident Evil 3 já foi lançado no atual ano fiscal da empresa, e vendeu em torno de 2,5 milhões.

Sobre o Autor

Paulo Carmino