Cidadania

Canudos que purificam água são entregues em escolas carentes do Quênia

O sistema é capaz de purificar a água em segundos, sem o uso de elementos químicos.

Existem tecnologias com poder para transformar o mundo. O LifeStraw (Canudo da Vida, em tradução livre) é uma delas. O sistema é capaz de purificar a água em segundos, sem o uso de elementos químicos. O mais legal é que ele está sendo distribuído a comunidades carentes em países em desenvolvimento. Em março deste ano o CicloVivo noticiou o reconhecimento que o produto recebeu ao ser considerada uma das tecnologias mais importantes para melhorar o mundo (veja aqui).

O filtro foi adaptado para diferentes capacidades, sendo assim, existem modelos para uso pessoal, incorporados em garrafinhas plásticas, e também opções para família, com capacidade de purificação elevada. De acordo com a empresa fabricante, a Vestergaard, a cada LifeStraw comercializado, uma criança de uma escola carente recebe água potável por um ano inteiro.


Foto: Divulgação

Pode parecer estranho como um equipamento tão simples é capaz de purificar a água em tão pouco tempo e de maneira efetiva. Para garantir que a realidade é tão boa quanto a teoria, o canudo, feito com fibra halógena, passou por testes em laboratórios de universidade e ficou comprovado que ele é capaz de destruir 99% dos vírus e agentes patogênicos. Entretanto, o sistema não é capaz de retirar metais pesados da água.


Foto: Divulgação

Em outubro deste ano as primeiras unidades do LifeStraw foram entregues a comunidades do Quênia. A distribuição alcançou 300 escolas e mais de 125 mil crianças, que receberam os filtros individuais, com capacidade para purificar 700 litros de água.


Foto: Divulgação

Através dessa ajuda é possível levar água potável a locais sem saneamento básico e também impedir que diversas doenças sejam transmitidas pela falta de tratamento.


Foto: Divulgação

Redação CicloVivo