Tecnologia

As fotos mais perigosas do mundo

Algumas pessoas gostam de sair do comum e buscam tirar selfies em momentos perigosos. Por isso, selecionamos algumas das melhores (ou piores) imagens do gênero.

Todo mundo gosta de tirar selfies, mas alguns vão além e não têm medo de se expor ao perigo na hora de tirar um foto.

Se é para chamar a atenção ou para ter um pico de adrenalina no corpo, a gente não sabe, mas uma coisa é certa: essas imagens são agoniantes! Pensando nisso, decidimos selecionar 20 selfies mais perigosas do mundo. Confira abaixo e surpreenda-se também.

Foto: Gearsworld

A conta no Instagram “Gearsworld” publicou essa imagem com as hashtags #selfie #dangerousselfie, sendo que esta última significa “selfie perigosa”.

A pergunta que fica é: será que é isso que os pilotos ficam fazendo com as portas fechadas enquanto estamos viajando? Perigoso mesmo!

Mesmo não sendo intencional, essa selfie tirada por uma repórter norte americana durante a Green Monster no Fenway Park em Boston entra facilmente nessa lista pelo inusitado, já que a bola de beisebol aparentemente ia acertar sua cabeça. No entanto, informações do Farandwide dizem que a bola passou por ela e não a acertou. Felizmente!

O namorado dessa moça colocou no Instagram a frase “Não faça isso em casa, deixe para os profissionais da selfie. A imagem foi tirada no Rolley Falls, no Canadá. De fato, poucos tentarão fazer isso.

Agora vindo para o Brasil, o fotógrafo Lee Thompson conseguiu registrar essa imagem no braço do Cristo redentor, no Rio de Janeiro.

Chama a atenção que ele está sem nenhum equipamento de proteção (aparentemente), e sabemos que um vento nessa região poderia derrubá-lo, sendo letal. Felizmente, ele sobreviveu para contar história.

Essa moça resolveu filmar ela mesma (veja o vídeo no link da imagem) enquanto um guepardo estava atrás querendo interagir. Ela não parece estar muito nervosa com a situação, mas na legenda da imagem ela diz que “não recomendamos contatos com animais selvagens por muitas razões”.

O Daniel Lau é um dos fotógrafos mais famosos do mundo quando o assunto é “fotos perigosas”. Em sua conta do Instagram, ele tem várias fotos no topo de prédios e em situações que “embrulham” o estômago de quem vê. Na imagem acima, ele está no topo de um arranha-céu de Hong Kong.

Foto: Wild_Life_85

O Leão Marinho pesa cerca de 300 kgs e o homem que tirou essa foto achou que era uma boa ideia tirar uma selfie com ele. No entanto, parece que ele foi mordido logo após a captura da imagem.

E por falar em animais, esses dois resolveram tirar essa selfie com diversos leões ao fundo. É verdade que, nesse caso, a foto não chega a ser tão perigosa considerando que os animais aparentemente estavam se alimentando. Mesmo assim, não deixa de ser uma imagem agoniante.

Essa foto foi tirada no Lago da Medusa, em Palau, na Oceania, sendo muito mais perigosa do que parece na foto. O mergulho nesta região só é considerado segura com a utilização de um escafandro devido a grande concentração de sulfeto de hidrogênio na água, que a grosso modo, é uma substância bastante corrosiva e venenosa para os humanos. Some isso a quantidade de medusas que estamos vendo e, de fato, o autor da imagem teve sorte de sair vivo desta.

Essa francesa colocou na legenda da foto do Instagram algo como “O que algumas pessoas não fariam por uma selfie?”. Pior do que isso é que amigo tiraria uma foto assim de outro amigo. Definitivamente, parece que muitos não têm amor a própria vida.

Bem semelhante ao Daniel Lau citado anteriormente, Angela Nikolau também gosta de tirar fotos no topo de prédios para fazer sucesso no Instagram com a hashtag #dangerousselfie. Na imagem acima, ela tirou no topo de um prédio localizado em Tianjin, na China. A pergunta que fica é: como ela conseguiu chegar nesse lugar?

E por falar em fotos tiradas em topos de prédios, Beerkus também tirou uma, onde mostra suas pernas em cima de um lugar que parece realmente alto. A foto ficou bonita, mas dá um pouco de agonia.

Novamente vemos Angela Nikolau tirando uma selfie perigosa no topo de um prédio gigante. Chama a atenção que ela não parece nem um pouco preocupada, e está em seu smartphone aparentemente conversando com alguém.

E temos um brasileiro na lista! O paulista Marcelo Herba foi até Santo André e tirou essa fotografia na Travessia Funicular Serra do Mar. A ponte onde ele fez a selfie é utilizada para a movimentação de trens e está funcionando até hoje! Um grande perigo mesmo.

Foto: nbaloca_

Essa imagem foi tirada durante o evento de toureiros em Pamplona, na Espanha. Considerando que em 2019 houve três pessoas mortas por touros mesmo não tirando selfies, essa imagem nos mostra alguém que tem bastante coragem ou é muito louco mesmo.

Tirada em Sofia, na Bulgaria, este homem resolveu fazer essa selfie em um trem visivelmente em movimento e do lado de fora. Ele podia ter caído ou então vir um outro trem em alta velocidade e ter pego ele. Países como Sri Lanka e a Índia consideram crime este tipo de foto.

No link da imagem, vemos o vídeo deste momento em que o trem passa ao lado da pessoa que está tirando uma selfie, enquanto o amigo dele filma tudo.

O autor da foto publicou no Instagram um aviso dizendo que ele tem muita experiência em fazer mergulhos e que para tirar fotos do gênero é importante ter um bom treinamento. Mesmo assim, há inúmeros casos de pessoas que morreram de ataques de tubarão na hora de fazer selfies.

George Kouronis é um explorador do National Geographic conhecido por tirar fotos inusitadas. Essa de cima foi tirada no vulcão localizado em Ambrym, ilha da província de Malampa, em Vanuatu.

Parece que não são só os humanos que gostam de tirar selfies perigosas.

Você tem alguma selfie que considera perigosa? Deixe nos comentários! Queremos ver o quão fã de adrenalina você é.