Geek

Arquiteto deixa projeto e console Atari VCS pode não ser lançado

Escrito por Paulo Carmino

O lançamento do Atari VCS, um novo console retro em desenvolvimento pela Atari, pode estar comprometido após relatos de que o arquiteto de sistemas e a consultora de design deixaram o projeto por não receberem salários há seis meses.

O novo console da Atari foi anunciado em julho de 2017 e inicialmente foi chamado de “Ataribox”, quando a empresa estava ainda sondando o mercado e buscando dinheiro para o projeto via canais de financiamento coletivo.

Os primeiros protótipos do Ataribox e seus periféricos seriam exibidos na GDC 2018, mas isso acabou não acontecendo. Na ocasião, o diretor de operações Michael Arzt revelou que o projeto não havia evoluído, mas em seguida a Atari iniciou uma campanha de crowdfunding no Indiegogo para arrecadar US$ 100.000. A campanha foi bem sucedida e pouco mais de US$ 3 milhões foram levantados através de 11.340 apoiadores, e a Atari garantiu que eles teriam o console em suas mãos em junho de 2019.

A promessa da Atari não foi cumprida e os apoiadores insatisfeitos foram ao Reddit compartilhar sua decepção com as atualizações esporádicas e os contínuos atrasos. Agora, o site The Register foi atrás de notícias e conversou com desenvolvedores que trabalharam no Atari VCS, descobrindo que o arquiteto-chefe Rob Wyatt deixou o projeto.

Em um comunicado ao The Register, Wyatt disse que “a Atari não pagou salários por mais de seis meses” à Tin Giant, sua consultoria de design, contratada para o projeto em 2018. Outras fontes anônimas descreveram a trajetória de desenvolvimento como um “show de caga**s”, e disseram que os executivos desta nova Atari têm dificuldade para entender como consoles de videogame funcionam em nível técnico. Eles teriam cortado custos em várias ocasiões e criando um console baseado em distribuição digital, mas que sequer tem um sistema capaz de associar a propriedade de um jogo a um usuário.

As fontes familiares com o projeto relatam que o Atari VCS é nada mais que um PC barato, de US$ 250, em uma caixa com a marca Atari.

A última estimativa da Atari era de lançar o Atari VCS em março de 2020, mas isso parece cada vez mais improvável. O The Register diz que pelo menos o controle do console, que é uma versão atualizada do velho joystick do Atari 2600, foi feito e pode acabar sendo lançado como um produto avulso.

A empresa que cuida das relações públicas da Atari se pronunciou enviando o seguinte comentário ao The Register: “A Atari deseja informá-lo que algumas de suas perguntas indicam que vocês possuem informações incorretas e/ou desatualizadas. Além disso, alguns aspectos do projeto Atari VCS foram claramente vazados para vocês em violação dos acordos de confidencialidade existentes, e a Atari, portanto, por este meio reserva seus direitos a esse respeito”.

Sobre o Autor

Paulo Carmino