Tecnologia

Apple deixa iPhone lento para vender lançamento, aponta Harvard

Escrito por Paulo Carmino

iOS 6 e iOS 7, essa atualização gerou um dos mais altos picos de pesquisas por “iPhone slow”

A Apple é conhecida por sua excelência em construir bons aparelhos. O iPhone é com certeza sua linha mais famosa, querida pela qualidade, sobretudo do iOS. Porém, foi notado que ao lançar novo iPhone, o número de pesquisas de “iPhone slow” (iPhone lento, em português) dispara. Quem apontou foi Laura Trucco, da Universidade de Harvard em 2014. Mas não precisamos estar em Harvard para analisar os dados do Google Trend. Não é mesmo? Assim fizemos! Confira o resultado da nossa pesquisa.

Obsolescência programada

Apple deixa iPhone lento para comprarem um lançamento, aponta Harvard

Gráfico das buscas desde 2008, quando foi lançado o iPhone 3G, o segundo da linha de smartphones da Apple

Esse gráfico acima foi gerado pelo Google, com anotações feitas por mim. Verifiquei o mês em que cada iPhone foi lançado, a partir do iPhone 3G, e ficou evidente que os picos da busca “iPhone slow” aumentam justo nesses períodos específicos.

Porém, antes que você pegue sua tocha para a rebelião, existe justificativa. Esses picos acontecem porque, quando um novo iPhone é lançado, um novo iOS é liberado para download. Como iPhone não é barato, principalmente aqui no Brasil, muitas pessoas tentam segurar seu celular o quanto puder. Para se ter ideia, uma pesquisa mostrou que o processador A9 (que equipa o iPhone 6S, 6S Plus e SE) é o mais usado nos Estados Unidos e Japão, os países com mais unidades de iPhone 7. A mesma pesquisa, aponta que o processador A7, do iPhone 5S, é o quinto mais usado do Canadá. No Brasil, o iPhone 6 é o mais popular da linha.

O castigo da benevolente?

Apple deixa iPhone lento para comprarem um lançamento, aponta Harvard

iPhone 5S foi lançado em 2013 e mesmo assim recebeu o iOS 11, liberado no último dia 19 de setembro

A Apple permitiu ao iPhone 5S atualizar para o iOS 11, um aparelho de 2013 rodando SO de 2017. Não é de se surpreender que problemas de lentidão venham a acontecer, apesar de ser comprovado que não houve tanto impacto. Enquanto isso, a Motorola anunciou a sua lista de celulares a receber o Android 8.0 Oreo, e o Moto G4 ficou de fora; o smartphone foi lançado em maio do ano passado. Algo parecido aconteceu com o Windows nos celulares. A Microsoft, primeiramente, confirmou que todos os celulares com Windows Phone 8.1 seriam atualizados para Windows Mobile 10. Eles chegaram a receber as builds de teste, inúmeras, mas quando chegou a versão final, de surpresa, só uma porção de modelos foram atualizados.

Portanto, o número de pesquisas por iPhone lento aumenta a cada lançamento de iPhone e iOS, isso é fato, mas pode ser fruto da política da Apple de maior longevidade dos seus aparelhos. Além disso, é percebido que desde 2015 as buscas já não crescem absurdamente quando chega um novo modelo.

As pesquisas por “iPhone slow” estão voltando a aumentar, mas começou no dia 12, antes mesmo do lançamento do iOS 11, no dia 19. Confuso, não? No final das contas, ao que parece, a Apple não está tentando deixar seus iPhones antigos mais lerdos para vender novos.

Você confia que as atualizações do iOS não prejudicam seu iPhone? Comente abaixo!

Sobre o Autor

Paulo Carmino