Vida Sustentável

10 dicas para ser um consumidor consciente

Estratégias simples ajudam o consumidor a ser mais sustentável na hora de comprar.

O consumo sustentável está em alta nos países emergentes. Pesquisa realizada em seis países (EUA, Reino Unido, Alemanha, Brasil, China e Índia) apresentada na Sustainable Brands Rio 2014 mostra que os consumidores estão mais exigentes. Ao todo 67% dos entrevistados da China, Brasil e Índia se dizem interessados em compartilhar ideias e experiências com os fabricantes para desenhar e aprimorar soluções. Entretanto, estratégias simples ajudam o consumidor a ser mais sustentável na hora de comprar. Veja dez dicas:

Selecione as lojas: Escolha lojas que são conhecidas por implantar projetos ambientais e sociais. Participe de grupos interessados no tema sustentabilidade e meio ambiente e peça dicas de onde comprar.

Informe-se dos valores sustentáveis: Descubra os valores e missão dos comércios ao redor. Elas são demonstradas em ações simples, como a separação correta do lixo e se a embalagem é facilmente reciclável. Nos detalhes a empresa mostra sua preocupação com o meio ambiente.

Recicle suas embalagens: Após comprar um produto, faça a reciclagem correta das embalagens no caso de papel, metal, plástico, entre outros. Muitas cidades possuem centros que realizam o serviço.

Guarde o embrulho de presentes: Ao receber aquele lindo presente, não jogue fora o embrulho. Em muitos casos é possível reaproveitá-lo ou até mesmo ser utilizado em casa, por exemplo.

Prefira calçados de solas de borracha: A sola de TR (borracha termoplástica de estireno/butadieno) é derivada do petróleo e sua produção lança gás carbônico na natureza. Procure por calçados de solas de borracha, que não são agressivos ao meio ambiente.

Aposte em produtos feitos com PET reciclado: Por não ser um produto biodegradável, o PET tornou-se um vilão para a natureza. Itens de vestuário e decoração produzidos a base de PET auxilia na eliminação do descarte inapropriado e na reciclagem do material.

Utilize ecobag: Tema de polêmica nos últimos anos, a sacola plástica é feita do polietileno, derivado do petróleo. Sua degradação leva séculos e, consequentemente, emporcalha cidades e oceanos. Um consumidor “verde” sai com ecobag ou sacolas de pano.

Guarde a embalagem de produtos: Depois de retirar o item, guarde a embalagem original por um tempo antes de reciclá-la. Dessa forma, se for trocar o produto, pode fazer com a mesma embalagem ou usá-la em viagens.

Utilize e-mail para contas: Faturas de cartões de créditos, contas de água, luz e telefone e até mesmo o extrato bancário podem ser enviados por e-mail em muitos casos. Assim, há redução na produção de papel e o desmatamento de árvores.

Prefira e-books e e-magazines: Outra boa saída para poupar papel é a escolha de e-books e e-magazines em vez dos livros e revistas no formato tradicional.

Por Gabriel Silva – CEO da Ahimsa, fabricante de calçados 100% livre de insumo animal.