Cidadania

Saiba como descartar a sua TV antiga corretamente

Escrito por Ana Dalila

O sinal analógico das TVs de São Paulo e do Distrito Federal já foram desligados. Ainda em 2017, segundo a Anatel, os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás e Ceará também devem passar pela mudança.

Apesar de ser possível usar um conversor e uma antena para capturar o sinal mais estável, muitos usuários estão optando por descartar seu televisor antigo e investir em uma TV com tecnologia digital.

Porém, alguns cuidados devem ser tomados na hora do descarte para que não haja riscos à saúde e ao meio ambiente, recomenda-se que esses produtos sejam descartados em locais apropriados, que saibam dar o devido fim aos componentes eletrônicos.

“Estes equipamentos podem liberar materiais como mercúrio, cádmio, cobre, cromo, entre outros que, caso dispostos em aterros não licenciados e controlados, podem contaminar o solo e atingir o lençol freático, causando grande impacto ao meio ambiente e ao ser humano”, afirma Alex Pereira, presidente da cooperativa de lixo eletrônico Coopermiti.

O site SejaDigital disponibilizou uma ferramenta (veja aqui) para buscas de locais que recebem o material. É só incluir o CEP de sua rua que aparece no mapa os locais mais próximos. Algumas cooperativas também buscam o aparelho em sua casa mediante agendamento (veja aqui).

Faça a sua parte!

(1)

Sobre o Autor

Ana Dalila