fechar
Destaques

10 Motivos para você migrar para o Windows 10 Seu PC com sistema operacional W...leia mais Apesar de ser amplamente divulgado o quanto é perigoso deixarmos bebês e anim...leia mais Nos Estados Unidos, uma cachorra adotada teve a oportunidade de mostrar toda su...leia mais Muitas vezes, quando terminamos um relacionamento, nos sentimos meio perdidos, ...leia mais Tenho quase certeza de que a essa altura você já deva ter ouvido falar de im...leia mais Recentemente foi criado um Portal voltado a divulgação das feirinhas de artes...leia mais O portal de tecnologia TechRadar, conhecido também por fazer algumas lis...leia mais Galera, eu mal acreditei quando vi isso! A loja TERABYTESHOP conhecida no Brasil...leia mais

Inovar-Auto: Executivos acreditam que metas não serão atendidas…


Pesquisa com diretores e presidentes do setor automotivo revela insatisfação com programa governamental

por Careca Auto-Peças

BMW X1 FABRICADO NO BRASIL

A maioria dos principais executivos da indústria automotiva brasileira está decepcionada com os resultados do programa Inovar-Auto e acredita que as metas estabelecidas não serão alcançadas.

A conclusão vem a partir da pesquisa Cenários Para a Indústria Automobilística 2017, realizada pela consultoria Roland Berger em parceria com o site Automotive Business. O levantamento, que envolveu 468 executivos de alto escalão (50% deles em função de diretor ou presidente em uma companhia do setor), teve seus resultados divulgados ontem (9).

Uma das principais questões colocadas foi sobre o sucesso do programa Inovar-Auto. Dos entrevistados, 91% acreditam que “os incentivos governamentais para estimular a competitividade da cadeia-de-suprimentos são insuficientes”. Apenas 5% acreditam que todas as montadoras alcançarão as metas de eficiência energética propostas até o fim deste ano.

Sobre a segunda fase do programa, prevista para ter início em 2018, 57% acham que o foco deve ser sobre o fortalecimento da cadeia produtiva como um todo e 52% sobre a competitividade da indústria. 54% dos executivos também consideram provável uma segunda fase do programa com uma duração maior do que 5 anos. Sobre a meta de emissões, 65% esperam que fique entre 115 e 125 g CO2/ Km em 2021.

O levantamento ainda concluiu que a maioria profissionais da indústria automobilística esperam um 2017 estagnado em relação a vendas, semelhante ao ano de 2016. Dos entrevistados, 41% acreditam em uma recuperação a partir de 2019 e 64% acham que o mercado voltará a 3,6 milhões de unidades (recorde em 2012) apenas após 2022.

O que é o Inovar-Auto?

O Inovar-Auto é um programa criado pelo governo federal para estimular a indústria e incentivar a modernização dos carros produzidos no Brasil. As montadoras precisam atender à critérios e exigências determinados pelo programa, como a redução de emissões de CO2, para garantir um desconto no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). A primeira fase do Inovar-Auto será aplicada até 31 de dezembro de 2017. Ainda não existem informações sobre as regulações da segunda fase.

 

Fonte: AutoEsporte


Créditos : Autos24h

Tags:, , , , , ,

Histórico Página
Open