PET

Coisas que quem tem um gato obeso deve saber

Escrito por Escobar Dog

[ad_1]

A obesidade é um assunto que está em voga hoje em dia e nossos animais de estimação não estão livres desse problema. Esse mal afeta principalmente os felinos e pode causar complicações para a saúde. No entanto, muitos donos têm se aproveitado da obesidade de seus pets para ganhar seguidores nas redes sociais, esquecendo-se das graves consequências de ter um gato acima do peso.

Para conscientizar tanto os donos como os fãs de gatos gordos na internet, decidimos escrever um artigo com 14 coisas que todos devemos saber sobre os felinos obesos.

Um gato obeso não é engraçado, é um gato em perigo

Como já falamos antes, a obesidade está ligada a problemas muito sérios de saúdeEmbora um gato gordinho possa parecer engraçado e simpático nas redes sociais, não devemos esquecer que ele tem mais chances de sofrer com doenças graves.

Um felino acima do peso pode sofrer de artrite, doenças hepáticas, intestinais ou inflamatórias. Todas elas são crônicas e afetam a qualidade de vida do felino.

Muitos donos são percebem que seu gato obeso passou dos limites

gato obeso 2gato obeso 2

Muitos donos não sabem que o seu gato é obeso e passou dos limites do que é saudável. Ou às vezes ignoram porque não dão a importância que a questão merece. É muito importante ficar atento ao animal de estimação e ao seu peso, já que é mais fácil prevenir que um felino engorde do que fazer um gato obeso perder peso.

É fácil perceber se um gato é obeso

Os felinos pesam em média entre 3,5 e 5,5 kg e todo gato que ultrapasse isso pode ser considerado obeso. Para saber se o seu bicho de estimação sofre de obesidade, o melhor é observá-lo de cima.

O seu corpo deve ter forma de ampulheta, que vai se estreitando ao alcançar as costelas. Se ele tiver forma de um tubo ou for mais largo na região das costelas, não tenha dúvida, ele é um gato obeso.

A má alimentação e o sedentarismo são as causas da obesidade

Sabemos que os gatos não são tão ativos como os cães e é justamente por isso que devemos dedicar um pouco de tempo para brincar com eles e fazê-los correr. Se os acostumarmos a uma vida muito tranquila, terão problemas de saúde no futuro.

Não dê ao seu animal mais comida do que o necessário e nada além do que o alimento próprio para gatos. Siga sempre os conselhos dados pelo veterinário.

Os carboidratos também são perigosos para os gatos

A ração para gatos normalmente conta com um alto índice de carboidratos, mais do que esses animais necessitam. Embora isso não seja um problema, se o animal já é obeso ou tem dificuldade para perder peso, é melhor consultar um veterinário para saber qual é a dieta mais indicada para ele.

Se ele implorar por comida, o melhor é não ceder

Os gatos são manipuladores por natureza. Quem não se lembra do gatinho do Shrek? O personagem apenas exagera aquilo que os gatos realmente fazem.

No caso da comida, os gatos podem implorar por mais alimento, fingindo que estão mortos de fome. Mas não é nada disso. É apenas o seu corpo se negando a perder peso.

Os gatos precisam de exercício

gato 2gato 2

São muitas as perguntas a esse respeito, acreditando que os cães precisam sair três vezes ao dia para fazer atividades físicas, mas os gatos não. Essa não é uma verdade absoluta. Qualquer animal, não importa de qual espécie for, precisa se exercitar regularmente.

A melhor forma de estimular o gato a se exercitar é colocar a comida o mais longe possível de sua cama ou em áreas altas que o façam saltar e pular. Se você tem um terraço ou jardim, permita que ele entre e saia quando quiser.

Ter um gato obeso pode ser um problema, para ele e para você. Por isso, fique de olho no peso do seu felino e ajude-o a fazer atividades físicas. Só assim você conseguirá ter um bicho de estimação saudável e em forma.

[ad_2]
Notícias sobre Pets

Sobre o Autor

Escobar Dog