fechar
Destaques

10 Motivos para você migrar para o Windows 10 Seu PC com sistema operacional W...leia mais Apesar de ser amplamente divulgado o quanto é perigoso deixarmos bebês e anim...leia mais Nos Estados Unidos, uma cachorra adotada teve a oportunidade de mostrar toda su...leia mais Muitas vezes, quando terminamos um relacionamento, nos sentimos meio perdidos, ...leia mais Tenho quase certeza de que a essa altura você já deva ter ouvido falar de im...leia mais Recentemente foi criado um Portal voltado a divulgação das feirinhas de artes...leia mais O portal de tecnologia TechRadar, conhecido também por fazer algumas lis...leia mais Galera, eu mal acreditei quando vi isso! A loja TERABYTESHOP conhecida no Brasil...leia mais

Casa pré-fabricada sustentável gera mais energia do que consome


O escritório australiano de arquitetura, ArchiBlox, desenvolveu uma casa pré-fabricada capaz de produz mais energia do que consome. Para chegar a este modelo, o projeto conta com soluções simples e sustentáveis, que tornam a residência altamente eficiente.

Com 75 metros quadrados, a residência é considerada pequena para os padrões australianos, mas a área é equivalente a boa parte dos apartamentos padrões comercializados no Brasil. Um dos segredos desta casa é o sistema usado para o isolamento térmico, que permite grande eficiência energética.


Foto: Divulgação/ArchiBlox

De acordo com Bill McCorkell, um dos arquitetos responsáveis pelo projeto, a residência não possui sistema de calefação. Para refrigerar a estrutura, são usados tubos subterrâneos que puxam o ar frio da terra e transferem a refrigeração para o interior da casa.


Foto: Divulgação/ArchiBlox

A energia é produzida a partir de placas fotovoltaicas. “Temos cinco quilowatts de energia solar no telhado”, explica McCorkell, em declaração ao jornal local The Sidney Morning Herald. Além disso, todos os detalhes foram pensados para maximizar o aproveitamento solar de diferentes formas. Por isso, os vidros são muito comuns, para aproveitar o aquecimento e luminosidade naturais. Os moradores também contam com um jardim comestível, instalado dentro da própria casa. Dessa forma, a casa consegue produzir mais energia do que o necessário para o seu abastecimento.


Fotos: Divulgação/ArchiBlox

Para garantir a sustentabilidade do projeto, os arquitetos usaram materiais locais e com o menor impacto ambiental possível. Por ser pré-fabricada e pequena, a casa pode ser transportada através de um caminhão, pronta para ser instalada.


Foto: Divulgação/ArchiBlox

O investimento para ter uma casa deste tipo é de US$ 4 mil por metro quadrado. Com os 75 metros quadrados que a residência possui, ela custaria, em média, US$ 300 mil na Austrália, o equivalente a quase R$ 900 mil. Mas, a empresa também disponibiliza um modelo menos sustentável por US$ 2.400 cada metro quadrado.

(74722)

Tags:, , , , , ,

Histórico Página
Open