fechar
Destaques

10 Motivos para você migrar para o Windows 10 Seu PC com sistema operacional W...leia mais Apesar de ser amplamente divulgado o quanto é perigoso deixarmos bebês e anim...leia mais Nos Estados Unidos, uma cachorra adotada teve a oportunidade de mostrar toda su...leia mais Muitas vezes, quando terminamos um relacionamento, nos sentimos meio perdidos, ...leia mais Tenho quase certeza de que a essa altura você já deva ter ouvido falar de im...leia mais Recentemente foi criado um Portal voltado a divulgação das feirinhas de artes...leia mais O portal de tecnologia TechRadar, conhecido também por fazer algumas lis...leia mais Galera, eu mal acreditei quando vi isso! A loja TERABYTESHOP conhecida no Brasil...leia mais

Aprenda a tirar fotos de raios


Os dias de tempestade costumam deixar muitas pessoas apreensivas com os clarões no céu seguidos por grandes estrondos. Porém, há quem ache esse espetáculo da natureza um dos momentos mais belos de se admirar e registrar.

Fotografia

Além das técnicas, é preciso estar no lugar certo na hora exata. Uma das técnicas que fotógrafos amadores e profissionais utilizam para registrar suas imagens é deixar o obturador aberto ou optar por cliques manuais. Em alguns casos, o melhor é ajustar a sensibilidade da luz com o ISO da câmera. Porém, é necessário dar o máximo de estabilidade para o equipamento fotográfico com um tripé, uma vez que qualquer movimento pode causar algum ruído no resultado final.

Calcular o intervalo entre um raio e outro também é importante, pois um dos aspectos mais complicados dessa fotografia é clicar no momento exato do fenômeno. É indicado até mesmo fazer um disparo à distância, evitando tocar o equipamento e acabar movimentando a câmera.

Também é necessário assegurar o seu bem-estar físico enquanto estiver fotografando. O ideal é ficar em algum lugar fechado, longe de janelas e portas metálicas, além de manter distância de tomadas e canos que possam atrair o raio.

Como acontece o fenômeno

Os raios podem acontecer de duas formas. A mais comum é por conta de uma descarga elétrica entre duas nuvens, mas essa descarga também pode acontecer entre a nuvem e o solo. No primeiro caso, o choque entre as partículas de gelo que estão no interior da nuvem causa uma separação das cargas e, quando a diferença é muito grande, pode atrair a carga inversa que está na outra nuvem. No segundo caso, essa troca é realizada entre a nuvem e o solo, sendo que a carga do solo é positiva e da nuvem negativa.

(16577)

Tags:, , , ,

Histórico Página
Open